24º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

deu a lógica - 11/03/2024, 07:05 - Da Redação

'Oppenheimer' domina o Oscar e é coroado Melhor Filme

'Barbie' e 'Assassinos da Lua das Flores' foram os grandes esnobados da noite

Cillian Murphy levou para casa a estatueta de Melhor Ator por Oppenheimer
Cillian Murphy levou para casa a estatueta de Melhor Ator por Oppenheimer |  Foto: AFP

Seguindo a tendência de premiações anteriores, “Oppenheimer” foi consagrado também na 96ª edição do Oscar, na noite deste domingo, 10. Das 13 indicações, o longa de Christopher Nolan venceu sete, incluindo o de Melhor Filme. Na sequência, o favorito foi “Pobre Criaturas”, de Yorgos Lanthimos, que levou quatro estatuetas para casa.

Filme de maior bilheteria do ano passado, "Barbie", de Greta Gerwig, ganhou apenas na categoria de Melhor Canção Original, pela música “What Was I Made For?”, interpretada por Billie Eilish. Outra grande promessa com 11 nomeações, “Assassinos da Lua das Flores”, de Martin Scorsese, foi o grande esnobado do Oscar e terminou a noite sem nenhum prêmio.

Também indicado a Melhor Filme, “Zona de Interesse” ganhou o prêmio de Melhor Filme Internacional e de Melhor Som, enquanto “Anatomia de uma Queda” venceu o Melhor Roteiro Original.

Confirmando o favoritismo de Oppenheimer, Robert Downey Jr. levou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, assim como Cillian Murphy recebeu o prêmio de melhor ator, e Christopher Nolan o de melhor diretor. Já na categoria de melhor atriz, Emma Stone, de Pobres Criaturas, superou Lily Gladstone, deixando Assassinos da Lua das Flores de mãos vazias em seu prêmio tido como o mais certo.

Encerrando a noite, Oppenheimer foi anunciado como o melhor filme. O prêmio foi entregue por Al Pacino em um discurso bastante confuso. “Dez ótimos filmes foram indicados, mas apenas um receberá o prêmio de Melhor Filme. Tenho que recorrer ao envelope para isso, e é o que farei... Aqui vai... Meus olhos veem Oppenheimer... Sim... E...”, disse ele, sendo interrompido pela música e pelas palmas.

A noite também foi marcada pela tradicional homenagem aos falecidos. Foram lembrados nomes como Matthew Perry, Tina Turner e Alan Arkin. O momento foi introduzido por uma frase de Alexei Navalny, líder da oposição russa que foi tema de Navalny, vencedor da categoria de melhor documentário em 2023.

“Godzilla Minus One" foi o primeiro filme da franquia a ser premiado com uma estatueta na cerimônia, a de Melhores Efeitos Visuais. A vitória de "20 Dias em Mariupol" como Melhor Documentário trouxe de volta a atenção de volta para a guerra na Ucrânia. Os famosos também aproveitaram o Oscar para protestar contra o conflito entre Israel e Palestina.

Confira os vencedores do Oscar 2024:

Melhor Filme

Seguindo a tendência de premiações anteriores, Oppenheimer foi o vencedor da noite, superando Anatomia de uma Queda, Assassinos da Lua das Flores, Barbie, Ficção Americana, Maestro, Os Rejeitados, Pobres Criaturas, Vidas Passadas e Zona de Interesse.

Melhor Ator

Favorito da noite, Cillian Murphy levou para casa a estatueta, por Oppenheimer. Também estavam na disputa Bradley Cooper, por Maestro, Colman Domingo, por Rustin, Paul Giamatti, por Os Rejeitados e Jeffrey Wright, por Ficção Americana.

Melhor Atriz

A estatueta foi de Emma Stone, por Pobres Criaturas. Concorreram também Annette Bening, por NYAD, Carey Mulligan, por Maestro, Lily Gladstone, por Assassinos da Lua das Flores e Sandra Hüller, por Anatomia de uma Queda.

Melhor Direção

A estatueta ficou com Christopher Nolan, por Oppenheimer. Competiram Jonathan Glazer, por Zona de Interesse, Justine Triet, por Anatomia de uma Queda, Martin Scorsese, por Assassinos da Lua das Flores e Yorgos Lanthimos, por Pobres Criaturas.

Melhor Ator Coadjuvante

Robert Downey Jr, por Oppenheimer. Perderam a estatueta Ryan Gosling (Barbie), Mark Ruffalo (Pobres Criaturas) e Robert De Niro (Assassinos da Lua das Flores).

Melhor Atriz Coadjuvante

Da’Vine Joy Randolph, por Os Rejeitados. Superando Emily Blunt (Oppenheimer), Jodie Foster (NYAD), America Ferrera (Barbie) e Danielle Brooks (A Cor Púrpura).

Melhor Filme Internacional

Prêmio de Zona de Interesse (Reino Unido). Venceu A Sala dos Professores (Alemanha), A Sociedade da Neve (Espanha), Eu, Capitão (Itália) e Dias Perfeitos (Japão).

Da'Vine Joy Randolph venceu Oscar de Atriz Coadjuvante por Os Rejeitados

Da'Vine Joy Randolph venceu Oscar de Atriz Coadjuvante por Os Rejeitados

| Foto: Getty Images via AFP

Melhor Curta de Animação

War is Over! (inspirado pela música de John e Yoko). Competiu contraLetter to a Pig, Ninety-Five Senses, Our Uniform e Pachyderme.

Melhor Animação

O vencedor foi O Menino e a Garça, deixando para trás Elementos, Meu Amigo Robô, Nimona e Homem-Aranha: Através do Aranhaverso.

Melhor Roteiro Original

Justine Triet & Arthur Harari, por Anatomia de uma Queda. SuperouBradley Cooper & Josh Singer (Maestro), Celine Song (Vidas Passadas), David Hemingson (Os Rejeitados) e Sammy Burch (Segredos de um Escândalo).

Melhor Roteiro Adaptado

Cord Jefferson, por Ficção Americana. Ganhou de Christopher Nolan (Oppenheimer), Jonathan Glazer (Zona de Interesse), Tony McNamara (Pobres Criaturas) e Greta Gerwig & Noah Baumbach (Barbie).

Melhor Maquiagem e Cabelo

Venceu Pobres Criaturas, contra A Sociedade da Neve, Maestro, Oppenheimer e Golda.

Melhor direção de arte

Venceu Pobres Criaturas, superandoBarbie, Assassinos da Lua das Flores, Oppenheimer e Napoleão.

Melhor figurino

Prêmio para Holly Waddington, de Pobres criaturas. Deixou para trásBarbie, Assassinos da Lua das Flores, Napoleão e Oppenheimer.

Melhores Efeitos Visuais

Com um orçamento e equipe reduzidos, venceu Godzilla Minus One, um marco para a franquia do kaiju japonês, indicada pela primeira vez ao Oscar. Ganhou de Missão: Impossível — Acerto de Contas Parte 1, Napoleão, Resistência e Guardiões da Galáxia Vol. 3.

Melhor Montagem

Prêmio para Oppenheimer, superando Anatomia de uma Queda, Os Rejeitados, Assassino da Lua das Flores e Pobres Criaturas.

Melhor Documentário de Curta-Metragem

The Last Repair Shop (A última loja de consertos), contra The ABCs of Book Banning, The Barber of Little Rock, Island in Between e Nai Nai & Wai Po

Melhor Documentário

Ganhou 20 Dias em Mariupol, sobre a guerra da Ucrânia e Rússia, representando o primeiro Oscar da Ucrãnia. Perderam a estatueta A Memória Infinita, As 4 Filhas de Olfa, Bobi Wine: O Presidente do Povo e To Kill a Tiger.

Melhor Fotografia

Prêmio para Oppenheimer. Perderam Pobres Criaturas, Maestro, Assassinos da Lua das Flores e O Conde.

Melhor Som

Venceu Zona de Interesse. Perderam Maestro, Missão: Impossível — Acerto de Contas Parte 1, Oppenheimer e Resistência.

Melhor Curta-Metragem

O vencedor foi A Incrível História de Henry Sugar. Ganhou de The After, Invincible, Knight of Fortune e Red, White & Blue.

Melhor Trilha Sonora

Venceu Oppenheimer. Perderam Assassinos da Lua das Flores, Ficção Americana, Indiana Jones e a Relíquia do Destino e Pobres Criaturas.

Melhor Canção Original

What Was I Made For?, de Barbie, foi a vencedora, superando I’m Just Ken, de Barbie, It Never Went Away, de American Symphony, The Fire Inside e Flamin’ Hot e Wahzhazhe (A Song for My People), de Assassinos da Lua das Flores.

exclamção leia também