29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Arrocha histórico - 07/04/2024, 07:36 - Dara Medeiros - Atualizado em 07/04/2024, 08:28

Noite de sofrência! Fãs de Pablo descem em peso para show de 20 anos

Cantor arrastou multidão para o Wet Salvador neste sábado (6)

Casal Rosângela dos Santos e Alex Santos usa camisa especial para homenagear o ídolo Pablo
Casal Rosângela dos Santos e Alex Santos usa camisa especial para homenagear o ídolo Pablo |  Foto: Vinicius Viana / Portal MASSA!

Uma das vozes mais potentes do Brasil, o cantor Pablo é capaz de fazer qualquer um sofrer e arrochar com as suas músicas. Sucesso absoluto por onde passa, o artista arrastou uma multidão de fãs para o Wet Salvador, em um show especial de 20 anos de carreira, na noite deste sábado (6).

Acompanhando o trabalho de Pablo desde o começo da carreira dele, o casal Rosângela dos Santos e Alex Santos resolveram fazer uma camisa especial para homenageá-lo. Moradores do bairro de Paripe, eles escolheram estampar a blusa com a foto do cartaz do evento.

Em entrevista ao Portal MASSA!, Rosângela e Alex contaram que costumam ir para as apresentações do ídolo padronizados e já fizeram outras roupas. Eles contaram como surgiu a ideia do look desta noite: "Em todos os shows dele, sempre a gente está. Preferimos vir com a camisa dele, que renovamos esse ano".

Outra fã que estava empolgada para celebrar as duas décadas de carreira de Pablo foi a Clara Maria. Cheia de energia, ela veio de Itapuã e já estava arrochando do lado de fora do Wet, antes mesmo do show começar.

Ela veio determinada a se divertir e também a sofrer com as lembranças do passado. "As expectativas são as melhores possíveis. Dançar, arrochar até umas horas, lembrar dos anos 2015 que eu sofria tanto", contou.

Clara Maria. Cheia já chegou arrochando
Clara Maria. Cheia já chegou arrochando | Foto: Vinicius Viana / Portal MASSA!

Sem papas na língua, Clara revelou que conheceu uma pessoa naquela época que a fez viver na pele aquilo que ela ouvia nas músicas de Pablo: "Eu só fazia chorar, colocava as músicas e dizia 'Carlinhos, socorro, socorro'".

exclamção leia também