28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Soltou o Verbo! - 01/11/2022, 13:37 - Tabitha Gomes - Atualizado em 01/11/2022, 13:58

Mãe de Paulo Gustavo detona postagens de Luto sobre eleição

Mais empatia e respeito', afirmou Dea Lúcia Amaral, que perdeu o filho para a Covid-19 e agora se depara com postagens de Luto de bolsonaristas

Mãe de Paulo Gustavo detona sobre postagens de Luto na eleição
Mãe de Paulo Gustavo detona sobre postagens de Luto na eleição |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

Compartilhamentos de publicações que promovem “luto” sobre a derrota de Jair Bolsonaro para Lula nas eleições do último domingo ,(30), irritou Dona Dea a mãe do humorista Paulo Gustavo, que morreu de Covid em maio do ano passado.

Dea Lúcia Amaral soltou o verbo e falou sobre o sentimento de estar de luto: “Mais empatia e respeito com quem realmente está de luto. Em nome de todos que perderam seus entes querido”, afirmou na legenda da postagem.

Em vários postes com textos explicando sobre como é perder alguém, Dea não gostou e questionou o uso do termo para falar de política: “Tá de luto kerida, vem comigo, vamos falar sobre o que é luto”, começou a mãe de Paulo Gustavo. “Luto é uma dor forte, dilacerante e rasga a alma. Luto é preparar o café e esperar pelo outro, é perceber que aquele lugar está vazio, é as velas apagadas das datas comemorativas, é bater palmas para um ser invisível”, declarou mencionando o texto de um autor desconhecido.

Dea ainda continua: “É pegar o celular e aguardar aquela ligação, rever aquela foto, é abrir os braços e não ter quem abraçar. É passar a mão no colchão e não sentir mais o calor daquela pessoa, vê o quarto intacto e se perguntando quando ele volta para bagunçar. É sentir-se culpado por tentar ser feliz de novo".

Ela finaliza dizendo que o sentimento dos eleitores nnão tem nada com luto: “Você não está em luto, só está magoado porque suas vontades não foram atendidas. O luto merece ser respeitado, pessoas estão sofrendo de verdade e você brincando de luto por causa de um candidato. Se você sentisse a dor do luto, parava de brincar. O Brasil segue vivo, não seja um filho mimado, respeite o outro, somos um país democrata. Sem Mais! Autor desconhecido”, encerra Dea Lúcia.

exclamção leia também