30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

LUTO - 03/04/2024, 18:20 - Vitor Lyrio

Ícone do jornalismo cearense, Alan 'Trem Bala' Neto morre aos 83 anos

O apresentador ficou muito famoso em todo o Brasil por conta de seus bordões como 'passe a diante' e "olhe o dedo do trem bala'

O jornalista ficou muito conhecido por seus bordões icônicos
O jornalista ficou muito conhecido por seus bordões icônicos |  Foto: Aurélio Alves/O povo

O jornalismo cearense perdeu uma de suas mais icônicas figuras, Alan Neto, conhecido carinhosamente como o "Trem Bala" faleceu, nesta quarta-feira (3), após ficar internado por quase 4 meses por conta de um acidente doméstico.

Alan deixa um legado marcante caracterizado por seu estilo polêmico e irreverente, que conquistou o público em diversas plataformas, desde o rádio até o YouTube. Com quase 60 anos de carreira no jornalismo, ele deixou sua marca em jornais, portais, programas de rádio, televisão e na internet.

No O Povo, Alan Neto era reconhecido por suas colunas sobre o futebol cearense, publicadas de segunda a sábado, e seus insights sobre os bastidores da política local aos domingos. Além disso, era o rosto do famoso programa Trem Bala, transmitido no canal do O POVO no YouTube e na Rádio O POVO CBN.

Com uma personalidade performática e criativa, Alan Neto colecionava bordões que se tornaram parte integrante da crônica esportiva cearense. Expressões como "Olha o dedo do Trem Bala", "passe adiante" e "bombas de milmegatons" ficarão eternizadas na memória dos fãs.

Sua influência foi além das fronteiras do jornalismo tradicional, alcançando também o mundo digital, onde foi reconhecido como um dos maiores streamers e youtubers do Brasil. A reação de Casimiro, o Cazé, a vídeos do programa, é apenas um exemplo do impacto que Alan Neto teve na mídia moderna.

Alan Neto deixa esposa, uma filha e uma neta, além de milhares de admiradores que sentirão sua falta. Ainda não se tem informações sobre o velório de Alan

exclamção leia também