26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Carro de luxo - 05/09/2023, 09:31 - Santiago Oliveira

Helen Ganzarolli leva processo após suposto calote de ex-companheiro

Ela foi processada por uma loja de veículos chamada Stern, com um pedido de indenização por danos morais devido a um Maserati Levante SQ4 2018

Helen já deu entrada na defesa alegando que não deveria estar sendo processada, pois foi vítima de César
Helen já deu entrada na defesa alegando que não deveria estar sendo processada, pois foi vítima de César |  Foto: Reprodução / Instagram

A apresentadora Helen Ganzarolli se defendeu formalmente, em maio deste ano, perante o juiz no processo envolvendo a compre de um carro pelo seu ex-companheiro. O veículo está avaliado em aproximadamente R$ 750 mil. Ela foi processada por uma loja chamada Stern, localizada em São Paulo, com um pedido de indenização por danos morais devido a compra de um Maserati Levante SQ4 2018. As informações foram coletadas pela Metrópoles.

A loja declarou que vendeu o carro para o ex-companheiro da artista, César Henrique, em abril do ano passado, com promessa de pagamento por meio de cheques, depósitos e um crédito de R$ 243 mil com a apresentadora. Contudo, Helen já deu entrada na defesa alegando que não deveria estar sendo processada, já que foi vítima de César, que teria comprado o carro no nome dela dizendo que tinha um crédito com a loja de R$ 243 mil.

Veja também:

Victor Meyniel fala pela primeira vez após ser vítima de homofobia

Kayky Brito passa por cirurgia na bacia e no braço direito

Caso Kayky Brito: Passageira diz que motorista não estava correndo

De acordo com a apresentadora, ele afirmou que pagaria o valor restante por conta própria e que não tinha conhecimento da dívida - a qual só tomou ciência da situação quando começaram as ligações com as cobranças. Partindo desta defesa, Helen não teria agido de forma ilícita. Ela ainda disse que não sabia a real condição financeira de César e nem das condutas ilegais que ele realizava, inclusive, citou outras questões que pararam na justiça, para provar que foi vítima.

Pedido à justiça

Junto da defesa, Helen fez um pedido: alegou que o carro deve permanecer sob sua posse - já que é proprietária -, pois ele está alienado ao Banco Bradesco e, qualquer dano no veículo será de responsabilidade dela. A apresentadora pediu uma liminar para poder retirar o veículo da loja.

Em sua defesa, o Banco Bradesco pediu a improcedência dos pedidos, negando todos os fatos. A instituição afirmou não ter mantido qualquer conduta ilegal ou antiética. Até o final de agosto deste ano, César não havia se defendido nos autos. Caso seja citado e não se manisfeste, será considerado revel. O pedido de reconvenção de Helen Ganzarolli foi mensurado no valor de R$ 750 mil pela Justiça.

exclamção leia também