25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Couro comeu! - 17/10/2022, 15:33 - Pedro Moraes

Evento que teve briga de bandas de pagode acaba com tiro em Salvador

Após confusão entre integrantes das bandas Psirico e Samba do Trator, uma pessoa foi baleada nas proximidades do Portão 3 da Feira de São Joaquim

Após o show, que contou com as apresentações de Psirico e Samba do Trator, uma pessoa ficou baleada na parte externa
Após o show, que contou com as apresentações de Psirico e Samba do Trator, uma pessoa ficou baleada na parte externa |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O que era para ser uma noite de quebradeira pacífica no Samba da Feira, realizado em Água de Meninos, nas proximidades da Feira de São Joaquim, em Salvador, acabou com pancadaria e um tiro.

Após músicos de duas bandas se estranharem e barbarizarem em cima do palco do evento, a parte externa do local virou cenário de terror. O caso aconteceu na noite do último domingo, 16.

Após o término do show, por volta das 21h30, outra briga foi promovida nas redondezas do Portão 3 da Feira, e uma pessoa foi baleada.

Em contato com a reportagem do Massa, a Polícia Militar comunicou que, “ao chegar ao local, a vítima já havia sido socorrida por uma ambulância para uma unidade hospitalar”.

O autor do disparo não foi identificado pela PM, que realizou rondas na região, assim como a arma de fogo utilizada na ação.

Acerca da briga entre integrantes de Psirico e Samba do Trato, os agentes militares não foram acionados. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Posicionamentos

Até a tarde desta segunda-feira, 17, somente a banda Samba Trator se pronunciou oficialmente sobre o ‘quebra-pau’.

Em nota oficial publicada no Instagram, o grupo pediu desculpa pelo “envolvimento na confusão aos fãs, ao público, a produção do evento, aos integrantes da Banda Psirico, sua produção e especialmente a Márcio Victor”.

Por outro lado, sob comando do cantor Márcio Victor, Psirico não divulgou um pronunciamento oficial.

Já a produção do evento Samba na Feira reiterou os pedidos de “desculpas pelas cenas deprimentes que o público presenciou” e garantiu que o fato é “isolado”, mas haverá uma conversa “com os envolvidos para selar a harmonia no cenário de entretenimento".

exclamção leia também