26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Papo de especialista - 01/04/2023, 10:05 - Da Redação

"É viado": Psicoterapeuta explica suposição de mãe de Lore sobre GG

Nicole Ornellas comentou sobre postura que é resultado de uma construção da sociedade

Leo Santana optou por não transar com a dançarina no início do namoro
Leo Santana optou por não transar com a dançarina no início do namoro |  Foto: Reprodução/Youtube/Podpah

A dançarina Lore Improta revelou que sua mãe achava que Leo Santana era "viado" por causa da falta de iniciativa sexual no começo do relacionamento. A declaração, feita durante entrevista ao podcast 'Podpah', apresentado por Mítico e Igão, repercutiu esta semana nas redes sociais.

Em entrevista ao Portal MASSA!, a psicoterapeuta Nicole Ornellas pontuou que o pensamento da mãe de Lore é reflexo de uma sociedade que tem enraizado a externalização da virilidade por muitos anos.

"Ao olhar para as antigas gerações de mães e pais dos anos 40, 50, 60, vemos muitas crenças trazidas dessa época, logo, a partir do momento que Leo Santana não fez essa 'investida', é comum que se imagine ou desconfie de sua orientação sexual, mas uma coisa, não tem nada a ver com a outra", iniciou Nicole.

Psicoterapeuta Nicole Ornellas (@nicoleornellaspsi)
Psicoterapeuta Nicole Ornellas (@nicoleornellaspsi) | Foto: Divulgação

A psicoterapeuta compara a mudança que as sociedades sofreram ao decorrer dos anos e afirma que o motivo pelo qual Leo 'escolheu esperar' é algo íntimo, que envolve questões particulares do cantor.

"Só ele sabe. Pode ser por respeito mesmo de deixar as coisas acontecerem naturalmente, afinal ele sempre teve um interesse muito grande em conquistá-la, ou é possível que ele tivesse alguma insegurança referente ao processo ali na hora h."

Para Nicole, ainda há outros fatores que podem fazer com que o homem opte por adiar o sexo durante o começo do relacionamento.

"Diariamente vemos notícias de mulheres que são assediadas ou que passam por algum constrangimento, seja na rua, em casa, com os amigos, e a internet se tornou o meio de comunicação pra expor esses abusos. Portanto, hoje eles (os homens) preferem ir com mais calma antes de puxá-las para beijar, acariciar ou na hora do próprio ato em si", explicou.

exclamção leia também