29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Resenha pura! - 07/03/2024, 07:00 - Artur Soares*

CineMassa: 'Os Farofeiros 2' é mistura para agradar a família

Continuação acerta no humor, mas desliza no enredo

'Os Farofeiros 2' se passa na Bahia
'Os Farofeiros 2' se passa na Bahia |  Foto: Divulgação

Depois de levar quase 3 milhões de pessoas para os cinemas em 2018, Os Farofeiros finalmente ganhou uma continuação. A sequência estreia nesta quinta-feira (7) e acompanha as quatro famílias embarcando numa viagem rumo à Bahia. A comédia conta com um elenco composto por Maurício Manfrini, Elisa Pinheiro e Charles Paraventi. A novidade dessa vez é a participação dos baianos Evaldo Macarrão e Sulivã Bispo na produção.

O cinema brasileiro é reconhecido pela sua grande quantidade de comédias. Em meio a um cenário repleto de produções do mesmo gênero, Os Farofeiros 2 se diferencia por seu elenco e a química entre os personagens. “Todo mundo se dá muito bem. Não tem um protagonista. Muitos filmes de comédia costumam ter o cara, a menina, mas nesse é a família”, contou Charles Paraventi em entrevista exclusiva.

Mesmo acompanhando um grande grupo de personagens, a obra consegue trabalhar de maneira aceitável o tempo entre cada um deles. A dinâmica entre os personagens lembra bastante a presente no longa Gente Grande 2. Até mesmo algumas situações e piadas parecem terem sido inspiradas pelo filme de Adam Sandler.

Um ponto de destaque é o modo como a história se comunica com o grande público. A maior parte do longa se passa na Bahia, o que faz com que essa representatividade seja ainda mais forte para os soteropolitanos. ‘É muito bacana trazer esse humor daqui da Bahia e ter uma comédia com essa energia baiana. Acho que todo mundo que pisa aqui tem esse respeito pela Bahia e sente essa energia do humor diferente”, ressaltou Sulivã Bispo.

O grande problema da produção está em seu roteiro. Todos os personagens são apresentados com seus próprios defeitos, mas nunca chegam a ter seu arco de desenvolvimento. O longa só lembra de solucionar esse problema já nos créditos finais. Outra decisão questionável é usar os filhos dos protagonistas como narradores, o que só serviu para deixar o enredo mais confuso.

Os Farofeiros 2 é uma comédia feita para a família toda. O roteiro não é o forte da produção. O desenvolvimento que os personagens deveriam ter durante a trama acaba sendo jogado na tela nos últimos segundos. Entretanto, possui momentos genuinamente engraçados e isso é mérito do excelente elenco. Entretanto, é uma boa pedida para quem busca dar algumas gargalhadas.

O motivo para a escolha da Bahia

Desde o ano passado, a Bahia vem ganhando cada vez mais destaque no que diz respeito à cultura. O ápice desse bom momento foi a vinda da cantora Beyoncé para a capital baiana.

Apesar do atual “hype” no estado, o elenco de Os Farofeiros 2 garante que existem outros motivos para a continuação do filme ser ambientada na Bahia. Para os atores, o Brasil inteiro tem um certo interesse na região.

“Todo mundo tem desejo de conhecer a Bahia e às vezes vem várias vezes aqui porque descobre um cantinho novo ou uma energia nova”, explicou Elisa Pinheiro.

A atriz ainda detalhou a experiência que foi estar na capital baiana. Para ela, Salvador tem um diferencial se comparado a outros lugares do país.

“Você estar em Salvador é uma energia diferente de qualquer outro lugar. Além de toda a beleza natural, tem essa cultura e essa energia espiritual do povo que é muito cativante”, pontuou.

*Sob a supervisão do editor Jefferson Domingos

exclamção leia também