31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Lenda viva! - 12/01/2023, 08:20 - Jade Oliveira

A mágica do cinema é resgatada em 'Os Fabelmans'

Premiado, longa de Steven Spielberg retrata família judia nos anos 50

Filmes em película, música de piano e muita picuinha de família. O filme 'Os Fabelmans' chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (12) e já com duas estatuetas do 'Globo de Ouro' na conta: Melhor Drama e Melhor Direção. Com teor autobiográfico, o longa conta a história do jovem Sammy Fabelman, apaixonado por gravar seus próprios filmes e, como esse sonho, se envolve na trama familiar. No comando, o célebre Steven Spielberg, responsável pela direção e roteiro de sucessos como Jurassic Park, Et: o Extraterrestre e Tubarão.

Com o início do boom da indústria cinematográfica nos Estados Unidos, Sammy (Gabriel LaBelle), ainda pequeno, é levado pelos pais para assistir seu primeiro filme faroeste. Com direito a caubóis caricatos, romances avassaladores e fugas perigosas, a experiência de assistir as “pessoas gigantes” nas telas levam o menino a cultivar o desejo de gravar suas próprias imagens. A mágica da atuação leva as gravações de brincadeiras de criança para as primeiras direções e atuações capturadas por Sammy, já adolescente.

Imagem ilustrativa da imagem A mágica do cinema é resgatada em 'Os Fabelmans'
Foto: Divulgação

A paixão o leva a fantasiar e aproximar amigos de maneira lúdica, ao mesmo tempo que entra em impasses familiares. Os conflitos giram em torno do casamento de seus pais: o patriarca da família (Paul Dano) é um homem prático e objetivo que trabalha com computadores; e a mulher (Michelle Williams) de espírito livre e artístico, devota às partituras de piano.

Duas pessoas de personalidades opostas que, mesmo apaixonadas, têm suas divergências na hora de decidir como criar as três crianças que tiveram juntos. A mãe estimula a veia artística do menino, enquanto o pai valoriza os pés no chão e uma carreira segura. O filho do casal, oposto em personalidade, se vê em meio a conflitos morais cercados pelas decisões da vida adulta e pelas reais dinâmicas de relacionamento que surgem fora do planejamento da família ideal.

A abordagem do bullying e do antissemitismo dão o toque violento da clássica dinamica “high school” americana. De maneira sensível, Steven Spielberg compartilha traços de sua personalidade e da infância no sonho de ser cineasta, costurando a trama dos outros personagens de maneira que prende o espectador. A magia do cinema e as dificuldades do sonho de viver da arte levam a história num ritmo interessante que não permite perceber o tempo passand

*Sob a supervisão do editor Jefferson Domingos

exclamção leia também