29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Entretenimento

Bela das mais belas - 12/01/2024, 17:54 - Dara Medeiros

43ª Noite da Beleza Negra: conheça as 15 finalistas à Deusa do Ébano

Fase final do concurso será realizada neste sábado, na sede do bloco Ilê Aiyê

Campeã vai ser escolhida neste sábado
Campeã vai ser escolhida neste sábado |  Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Beleza, habilidades com dança, conexão com a ancestralidade e muito orgulho de ser negra são algumas das características comuns às candidatas que concorrem pelo título de Deusa do Ébano do Ilê Aiyê. As regras surgiram há 43 anos, quando a sociedade cometia racismo explícito e não valorizava a cultura do povo preto, e o bloco incentivou a autoestima de milhares de meninas e mulheres através da criação da Noite da Beleza Negra.

Pouco mais de quatro décadas depois, o evento continua fortalecendo a imagem feminina. Nesta edição, 15 finalistas irão disputar pelo título de Deusa do Ébano na noite deste sábado (13), na sede do Bloco, no bairro do Curuzu. O Portal MASSA! conversou com as 15 candidatas e vai apresentar um pouco da história delas.

Candidata Tainã de Palmares

Tainã de Palmares é moradora da Liberdade
Tainã de Palmares é moradora da Liberdade | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Moradora da Liberdade, Tainã de Palmares é psicóloga, costureira e artesã. Persistente, este é o segundo ano em que ela concorre pelo título de Deusa do Ébano. Ela deseja vencer para mostrar ao mundo o amor que tem pelo bloco, e também ser uma figura de representatividade para a filhinha dela.

Confiante e animada, ela se dedicou a melhorar seus atributos, especialmente a dança, e foi classificada para a final do concurso deste ano. “A primeira vez foi um susto, porque eu achei que não ia passar. Aí passei e fiz tudo assim, muito emocionada, né? Dessa vez eu me preparei um pouco mais, pra realmente competir”, contou.

Candidata Isis Renata

Isis Renata tem 28 anos
Isis Renata tem 28 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Isis Renata tem 28 anos e é do bairro da Engomadeira. Ela é fisioterapeuta e vê o título de Deusa do Ébano como um verdadeiro sonho. Competindo pela primeira vez, e também por causa da sua paixão pelo bloco, a ansiedade e euforia tomaram conta de Isis na última semana, ao ponto dela pensar “chega o Carnaval, mas não chega o dia do concurso”.

“Além de um sonho, é um ato político, no qual a gente tem a responsabilidade de fazer jus a essa causa tão importante, né? E ser Deusa do Ébano é representatividade mesmo. Para além do carnaval, da estética. A gente abraçar a causa da comunidade”, comentou.

Candidata Nadine Borges

Nadine Borges tem 32 anos
Nadine Borges tem 32 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

A dançarina profissional Nadine Borges tem 32 anos e é do Bairro da Federação. Ela tem sido uma inspiração para a irmã mais nova a aceitar o cabelo natural e deseja ajudar outras meninas e mulheres a se enxergarem como verdadeiras deusas do ébano também.

Nadine enxerga a competição com muita responsabilidade e acabou ficando nervosa: “A gente está aqui no cinquentenário do Ilê, uma entidade que é muito, muito importante para nós, sobre nossa autoafirmação, sobre a nossa beleza, sobre a nossa força. Então, é muito importante e, por conta disso, fica a ansiedade à flor da pele, fica o nervosismo, mas com certeza vai dar tudo certo”.

Candidata Cibele Mariah da Silva

Cibele Mariah tem 35 anos
Cibele Mariah tem 35 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Cibele Mariah da Silva é afroempreendedora e tem 35 anos, idade limite para participar do concurso. Moradora do bairro do Garcia, ela já competiu cinco vezes e pretende fazer valer a pena a última chance de ser Deusa do Ébano.

Ao ser questionada sobre o que esse título significa para ela, Cibele falou sobre a relevância de reafirmar a beleza negra: “O título é pra nós mulheres pretas que já somos deusas na vida, que já trazemos o peso de toda uma história de discriminação, de a perda da autoestima desde muito cedo, porque sempre disseram que nossos traços não eram bonitos, que a gente não era sinônimo de beleza. Então essa consagração traz essa honra”.

Candidata Thuane Vitória

Thuane Vitória tem 26 anos
Thuane Vitória tem 26 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Cuidadora de idosos, Thuane Vitória tem 26 anos e mora na Fazenda Grande do Retiro. Para ela, o concurso é uma forma de se entregar da melhor maneira e homenagear as pessoas que ama: “Dar o meu melhor para a minha mãe, que hoje já não está mais entre a gente, e para as minhas filhas que estão em casa”.

Thuane revelou que tem encontrado alguns percalços no caminho, mas tem resistido e não vai deixar de lutar para ser a Deusa do Ébano.

“Para mim é uma questão de honra agora mais que nunca. Por tudo que está vindo e acontecendo durante o processo. Muitas coisas estão acontecendo para ver se a gente desiste, se a gente persiste, e eu estou aqui persistindo”, desabafou.

Candidata Stephanie Ingrid

Stephanie Ingrid tem 22 anos
Stephanie Ingrid tem 22 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

A jovem capoeirista e dançarina Stephanie Ingrid tem 22 anos e é do Nordeste de Amaralina. Ela contou ao Portal MASSA! que seu objetivo se vencer a disputa é se tornar uma referência.

“Ser referência, que já começa pela minha família, né? Eu tenho uma prima que ela me vê como referência, isso pra mim é muito importante e também me encoraja cada vez mais a estar buscando esse lugar e também se sentir, né? Eu pertencer a esse lugar de realeza que o Ilê proporciona pra mulheres negras que antigamente não se viam nesse lugar, mas hoje é possível, sim. Na verdade sempre foi, mas agora a gente sabe”, revelou Stephanie.

Candidata Daiane de Souza

Daiane de Souza tem 31 anos
Daiane de Souza tem 31 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Moradora de Itapuã, Daiane de Souza, de 31 anos, está competindo pela 6ª vez. A cabeleireira não deixou o sonho morrer e tem se dedicado para arrasar na noite deste sábado.

Ao Portal MASSA!, ela definiu o que significa para ela ser uma Deusa do Ébano: “É poder ser representatividade para outras meninas e mulheres que não tiveram a mesma oportunidade que eu, a mesma visibilidade que eu estou tendo no momento”.

Candidata Cecília da Silva

Cecília da Silva tem 33 anos
Cecília da Silva tem 33 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Cecília da Silva é do Garcia, tem 33 anos e trabalha como empreendedora e consultora de marketing e comunicação. Para ela, ser uma Deusa do Ébano é o mesmo que “ser uma liderança feminina da minha comunidade”.

Resiliente e determinada, ela já concorreu outras vezes no concurso e acredita que adquiriu maturidade o suficiente para ganhar o manto: “A primeira vez que eu concorri foi há 10 anos atrás, nos 40 anos do Bloco. Então assim, 10 anos atrás, eu estava com 23 anos, uma menina ainda! Então eu estou vindo com uma outra maturidade, e o Ilê também”.

Candidata Sarah Moraes

Sarah Moraes tem 26 anos
Sarah Moraes tem 26 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Com 26 anos, Sarah Moraes mora em Sussuarana e é artista e professora de dança. No momento, ela deu uma pausa no trabalho e tem se dedicado ao concurso por completo.

Otimista, ela já se imagina como a Deusa do Ébano: “Está significando muito estar fazendo parte desse processo. Então já estou me sentindo vencedora. E ganhando, né, conquistando o título de Deusa do Ébano é o momento de representar e de realizar o sonho dos meus ancestrais e também da nossa geração atual. Então estou aqui em busca de um sonho que não é só meu. É da minha família, dos meus amigos, dos meus ancestrais e de muitas outras mulheres que convivem comigo e que gostaria também de estar nesse lugar”.

Candidata Lorena Bispo

Lorena Bispo tem 21 anos
Lorena Bispo tem 21 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Diretamente de Itapuã, Lorena Bispo, de 21 anos, pode ser considerada como uma mulher multifunções. “Eu sou artista da dança, sou comunicadora, multiplicadora educacional e sou estudante”, contou.

Lorena enxerga a disputa com muito respeito. “A ideia do concurso, na verdade, é todo um sentido de uma ancestralidade, né? Compreendo que estar no lugar de Deusa do Ébano é uma responsabilidade ativa e altiva. É compreender que uma beldade é para além da estética. É como a nossa intelectualidade se manifesta e como ela movimenta as estruturas”, comentou.

Vale lembrar que Lorena Bispo foi eleita como a Negra Malê de 2023. Ela vai passar o título para a próxima eleita no final deste mês.

Candidata Stephanie Lobo

Stephanie Lobo tem 25 anos
Stephanie Lobo tem 25 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Para Stephanie Lobo, o concurso é uma confirmação daquilo que ela e as outras mulheres negras já são: “Esse título é uma reafirmação do que eu já sou, do que eu já trabalho, do que eu já busco pra minha vida. E ser Deusa do Ébano pra mim é um conto histórico, é uma reafirmação de tudo que minhas ancestrais já criaram e já construíram pra minha vida”.

Moradora do Acupe de Brotas, Stephanie tem 25 anos e é bailarina do Balé Folclórico da Bahia. Ela se machucou na manhã desta sexta-feira, e precisou ir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para fazer um curativo.

Apesar do susto, ela está confiante de que vai conseguir tirar de letra e conquistar o título de Deusa do Ébano. “Firme, forte, feliz e grata por tudo que tem acontecido, até por isso, porque poderia ter sido pior esse acidente, né? Mas graças a Deus deu tudo certo”, disse.

Candidata Larissa Valéria

Larissa Valéria tem 29 anos
Larissa Valéria tem 29 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Larissa Valéria tem 29 anos, mora na Liberdade, é mãe de três filhos e se desdobra em muitas profissões. “Eu sou estudante, eu sou professora, eu sou empresária, eu sou dançarina, eu sou coreógrafa, eu sou o que você quiser”, brincou.

Participando do concurso pela 3ª vez, ela contou que o seu desejo é ser eleita e “fazer parte desse legado majestoso”.

Candidata Carol Xavier

Carol Xavier tem 25 anos
Carol Xavier tem 25 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Carol Xavier tem 25 anos, é estudante de jornalismo e se orgulha muito em ser moradora do bairro de Sussuarana. Ela deseja mostrar para as pessoas que na localidade há muito mais que violência.

“Trago muito da minha comunidade Sussuarana, porque quando a gente faz uma pesquisa sobre o bairro a gente encontra falta de infraestrutura a gente encontra violência, mas a gente não encontra a Deusa do Ébano, a gente não encontra Rainha, a gente não encontra Princesa. Então trazer esse outro olhar de que o povo de Sussuarana tem candidata a Deusa do Ébano e pode ter Deusa do Ébano também, vai trazer uma outra perspectiva da minha comunidade”, explicou.

Candidata Bárbara Cristina

Bárbara Cristina tem 33 anos
Bárbara Cristina tem 33 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Bárbara Cristina tem 33 anos e participa do concurso pelo segundo ano consecutivo. Ela é bailarina e trabalha nessa área há alguns anos. Fruto do bairro, ser a Deusa do Ébano é um sonho que ela carrega desde a infância.

“Pra mim é algo que é A minha história, por ser nascida e criada no Curuzu, então eu cresci bem no Ilê Aiyê, eu cresci vendo as Deusas do Ébano subindo aqui ao Curuzu, no Carnaval, e quando eu via aquele trio passando e elas lá em cima, eu falava assim ‘um dia eu vou estar ali também’”, relembrou.

Candidata Rafaela Rosa

Rafaela Rosa tem 28 anos
Rafaela Rosa tem 28 anos | Foto: Rafaela Araújo / Ag. A Tarde

Rafaela Rosa é de Salvador, mas há cinco anos mora na cidade de Irecê, no interior da Bahia. Apaixonada pelo concurso, ela vem de férias para a capital e aproveita para disputar pelo título de Deusa do Ébano. “Eu resolvi arriscar, vou ver meu sonho, tentar realizar e viver essa experiência”, explicou.

Rafaela tem 28 anos e é pedagoga infantil. Ela vê a competição como um propósito: “O concurso não é só estético, né? Ele é político, potência, então o que eu quero é representar".

exclamção leia também