30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Sabendo Com Vini

Deu o papo! - 11/02/2024, 23:51 - Vinicius Viana- Atualizado em 12/02/2024, 11:43

“Não tem sentido”, diz Marrom sobre saída do Carnaval para outro lugar

Jornalista baiano comentou sobre os perrengue durante a folia e o atraso na saída dos trios

Osmar Marrom é jornalista e colunista de entretenimento e cultura
Osmar Marrom é jornalista e colunista de entretenimento e cultura |  Foto: Portal MASSA! / Vinicius Viana

Considerado um dos maiores colunistas de entretenimento e cultura da Bahia, o jornalista Osmar Marrom fez um balanço dos últimos acontecimentos no Carnaval de Salvador 2024. Em entrevista exclusiva à coluna Sabendo Com Vini, do Portal MASSA!, na noite deste domingo (10), Marrom falou sobre o atraso na saída dos trios, que não faz sentido mudar o Carnaval para outro lugar e comentou sobre os perrengues que ocorrem durante a folia soteropolitana.

“Olha, o Carnaval de Salvador está cada dia maior, né? Ele virou tipo, eu até brinco, que o Carnaval de Salvador virou tipo um Iphone, um objeto de desejo, todo mundo quer vim para o Carnaval de Salvador. E a proporção que ele vai crescendo, vários problemas se avolumando, e as pessoas vão tentando solucionar. Ontem mesmo foi um problema, aquela chuva, atraso e tal, mas tudo isso nada que tirasse o brilho da festa e a alegria do folião”, iniciou o jornalista.

Em seguida, Marrom deixou claro que é contra a saída do Carnaval da Barra-Ondina para outro lugar em Salvador. “Então eu acho que a partir desse ano, com uma lição que eles vão ter, é organizar mais, porque eu achei que tinha muita gente aqui ontem, muita atração, e organizar um pouco mais, porque o Carnaval, na minha opinião, tem que ser na Barra, Ondina, no Campo Grande e Centro Histórico. Sair daí não tem sentido, porque é um grande barato, você vê esse visual de Salvador”, declarou.

Por fim, o jornalista afirmou que apesar dos contratempos, o Carnaval está acontecendo e atraindo as pessoas para os circuitos. “Eu acho que é o seguinte, com todas as mazelas estamos tendo um bom Carnaval, a cidade está cheia, turista, bombando, eu senti que o pessoal está curtindo. Claro, sempre tem um perrengue ali, um perrengue aqui, né? Mas se não tiver perrengue, não é carnaval, né?”, completou.

Veja a entrevista em vídeo

exclamção leia também