28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Sabendo Com Vini

Terror em Salcity! - 04/04/2024, 17:47 - Vinicius Viana - Atualizado em 04/04/2024, 18:56

EXCLUSIVO! Atriz da Globo é assaltada em Salvador

Camilla Damião teve pertences roubados por um motocilista

Camilla Damião interpretou Menah em  'Terra e Paixão'
Camilla Damião interpretou Menah em 'Terra e Paixão' |  Foto: Reprodução/TV Globo

A atriz Camilla Damião foi assaltada durante uma corrida por aplicativo nesta quinta-feira (4), no bairro do Caminho das Árvores, em Salvador. De acordo com uma fonte da coluna Sabendo Com Vini, do Portal MASSA!, o criminoso, que apontou a arma para a vítima, emparelhou a motocicleta com o veículo e roubou o celular e outros pertences.

Depois de ser assaltada, Camilla Damião, que interpretou a personagem Menah de 'Terra e Paixão', na TV Globo, foi conduzida pelo motorista de aplicativo até duas delegacias em Salvador. No entanto, ambas as delegacias se recusaram a registrar o boletim de ocorrência.

Quando foi instruída por agentes da segunda delegacia - visitada - a ir para uma outra específica, o motorista do aplicativo se recusou a levá-la, e ela acabou sendo deixada em sua residência.

Polícia e a Uber se manifestam sobre o caso

A coluna Sabendo Com Vini, do Portal MASSA!, entrou em contato com a Polícia Civil, que confirmou o caso e informou que diligências serão realizadas para identificar e localizar o autor do crime.

A UBER, plataforma de corrida usada pela famosa, foi procurada para se posicionar sobre o episódio. Em nota enviada para nossa equipe, A Uber declarou que "lamenta que cidadãos que desejam apenas se deslocar sejam vítimas da violência que permeia nossa sociedade. A empresa permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso da investigação, nos termos da lei. A Uber lamenta que cidadãos que desejam apenas se deslocar sejam vítimas da violência que permeia nossa sociedade. A empresa permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso da investigação, nos termos da lei."

exclamção leia também