26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Sabendo Com Vini

Representatividade! - 13/11/2023, 16:00 - Vinicius Viana

Atração do Afropunk, Iza afirma: "Ser negro no BR é ser sobrevivente"

Em entrevista, cantora falou sobre resistência negra e a importância de enaltecer os antepassados

Iza é uma das atrações do Afropunk 2023
Iza é uma das atrações do Afropunk 2023 |  Foto: Divulgação/MarVin

Uma das atrações mais aguardadas do Afropunk Bahia 2023, a cantora Iza está feliz por fazer parte do line-up do evento, que celebra em Salvador - cidade mais rica em história afro-brasileira e mais preta fora da África - a cultura negra por meio da arte e da música nos dias 19 e 20 de novembro no Parque de Exposições. Em entrevista à coluna Sabendo Com Vini, a artista aborda temas como resistência negra e a importância de enaltecer aqueles que a antecederam, especialmente na capital baiana.

"É incrível poder fazer parte do line-up desse festival e celebrar a minha cultura. Sempre digo que ser negro no Brasil ainda é ser sobrevivente. Então é importante enaltecer a caminhada de quem veio antes de mim e é muito importante estar em Salvador, este lugar onde tudo isso faz sentido. Espero que o público possa curtir, dançar e celebrar a cultura negra", declarou a artista.

Iza revelou que viveu momentos inesquecíveis na carreira ao lado de grandes artistas da baiana, que exaltam a cultura negra. "Estar em Salvador é sempre muito incrível. Eu amo essa cidade e já estou com saudades de cantar lá. É uma cidade muito especial para mim. Já fiz apresentações memoráveis em Salvador, como a do ano passado, no dia da Consciência Negra, e este ano pela primeira vez no Carnaval, puxando um trio elétrico com Carlinhos Brown, Russo Passapusso e tanta gente legal", declarou.

"A deusa da beleza e do amor" no maior festival de música negra do país

Iza revelou que o setlist de sua apresentação no Afropunk incluirá músicas de seu novo álbum, bem como canções que marcaram sua carreira. "Será a primeira vez que estarei em Salvador com a turnê nova, do álbum Afrodhit. Então estou preparando um setlist com muitas músicas novas, com a banda completa, com sopros e metais que eu gosto muito, mas, claro, com as minhas músicas mais antigas que o público sempre pede".

Moda também é resistência

Por fim, e não menos importante, Iza refletiu sobre os looks alinhados à ancestralidade como uma forma de propagar a cultura negra e se sentir segura no que faz. "Eu e minha stylist estamos preparando algo muito especial [para o Afropunk]. Eu sou muito ligada na moda e sempre gostei de pensar nos figurinos para cada compromisso. Eu acredito que as roupas cantam comigo, quando estou no palco. É uma forma de me comunicar e de me sentir segura também. São minhas aliadas para a mensagem que quero passar", finalizou.

exclamção leia também