28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Quebradeira

Anote aí! - 18/12/2023, 11:15 - Adan Nascimento

Filho de Brown lança single, Leticia Brasil em SSA e Grito dos Afoxés

Confira a Coluna Quebradeira desta segunda-feira, 18 de dezembro de 2023

Migga, cantor, compositor e multi-instrumentista
Migga, cantor, compositor e multi-instrumentista |  Foto: Gabriel Mustache / Divulgação

O cantor, compositor e multi-instrumentista Miguel Freitas, filho do Cacique do Candeal, Carlinhos Brown, assina artisticamente pelo apelido Migga e acaba de lançar o segundo single da nova fase solo, intitulado Pedra Salgada, um reggae, lançado pelo selo Candyall Music, do pai famoso.

Migga já acompanhou nomes como Preta Gil, Marina Sena e o próprio Brown em shows nacionais e internacionais.

Assista:

Musa da sofrência em Feira começa a despontar em Salvador

A novinha Leticia Brasil, natural de Feira de Santana, começa a ganhar notoriedade na capital baiana. A cantora de arrocha veste a camisa de sua cidade natal e foi no maior ponto turístico de lá, a Lagoa Grande, que ela gravou seu primeiro DVD, intitulado Seresta da Princesa, que reúne clássicos do arrocha adaptados em ritmo de seresta.

A gata, de voz e presença de palco marcante, está trabalhando a canção Rapariga e lança ainda esse mês, um EP de verão. Letícia começou a cantar, pequena, músicas gospel no coral da igreja.

Cantora Leticia Brasil
Cantora Leticia Brasil | Foto: Divulgação

Cantar era apenas um passatempo, e foi praticando este hobby até que se descobriu no início do ano de 2019. Logo passou a cantar em diversas casas noturnas e bares feirenses, ainda sem muita pretensão, no formato acústico.

Os convites pra cantar em outras cidades baianas foram surgindo e agora é a vez de Salvador, onde cantou ao lado de Jau, na reinauguração da casa de shows Paripe Hall Music, no bairro de Paripe.

Quem já viu e ouviu a linda e talentosa loira, garante que é questão de tempo ela despontar em todo Brasil.

Grito dos Afoxés

Nos dias 19 e 20, o Pelô abrigará o projeto ‘Afoxé: Cultura Ancestral’, iniciativa do Grêmio Comunitário Cultural Olorum Baba Mi, para preservação e reconhecimento cultural desse grupo.

Com um seminário e estreia de mostra gratuita, que durará dois meses no Solar Ferrão e cortejo com 30 afoxés pelas ruas da região, o evento objetiva conscientizar aqueles que pertencem à tradição afoxé sobre a necessidade de constituir um conselho e elaborar um plano de proteger e preservar esse bem imaterial existente há 138 anos.

Afoxé Filhos do Congo
Afoxé Filhos do Congo | Foto: Divulgação

O reconhecimento do desfile de Afoxés como patrimônio imaterial do Estado da Bahia, por meio do Decreto nº 12.484 de 2010, ressalta a importância histórica dessas manifestações culturais.

No entanto, a ausência de um plano de salvaguarda para esses desfiles, reconhecidos há mais de uma década, destaca a urgência desse projeto para proteger e fortalecer tais expressões culturais. A culminância do projeto se dará com o seminário no dia 19, às 14h, no Solar Ferrão, no qual serão discutidas a formação de um conselho e a criação de um plano de preservação.

O evento contará com palestrantes, convidados e representantes dos afoxés, além de apresentações musicais e um coquetel com culinária afro-brasileira. Uma mostra será aberta na mesma ocasião e exibirá adereços e indumentárias de valor cultural para os afoxés, representando a matriz africana e sua ancestralidade.

A mostra permanecerá no espaço por dois meses com acesso gratuito. Já no dia 20, às 15h, mais de 30 grupos para desfilar pelas ruas do Centro Histórico. O cortejo é visto como crucial para unir o segmento em torno da preservação dessa expressão cultural.

exclamção leia também