26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

barril dobrado - 12/05/2023, 07:15 - Vinicius Rebouças

Zonas de risco na iminência de disparar sirenes em Salvador

Noite de vendaval e proximidade de frente fria deixa órgãos de defesa em alerta

Prefeito Bruno Reis e Sosthenes Macedo, da Codesal, monitoram áreas de risco
Prefeito Bruno Reis e Sosthenes Macedo, da Codesal, monitoram áreas de risco |  Foto: Beto Jr/Secom

O mau tempo perdura em Salvador e deve se intensificar com a chegada de uma frente fria neste fim de semana. A madrugada de hoje (12) já deu uma mostra de como os próximos dias serão: cacau caindo pesado, vendaval e prejuízos.

Em Paripe casas foram destelhadas por causa do vendaval. Segundo Sosthenes Macedo, diretor da Codesal, somente nas últimas 12h choveu cerca de 112 mm na região do Subúrbio. A tendência é de aumento desse volume nos próximos dias.

"Foi uma noite de grande apreensão porque várias zonas tiveram a iminência de disparar alarmes. Já foi conversado com o secretário da Educação [Thiago Dantas] para utilização de escolas em caso de acionamento das sirenes nas áreas de riscos, assim como os responsáveis pelas prefeituras-bairro", explicou Sosthenes em entrevista à TV Bahia.

Ele disse ainda que foram feitas vistorias pela Defesa Civil para garantir a segurança dos moradores por causa da perspectiva de chegada da frente fria para o fim de semana. Em vários pontos da cidade foi detectado o solo molhado, o que motivou a antecipação de medidas.

Alagamentos

Em relação aos alagamentos tão famosos nos dias de chuva na capital baiana, Sosthenes informou que foi feita a manutenção de grande parte dos canais de Salvador, no entanto a grande quantidade de chuva em curto período de tempo incapacita a fluidez da operação de escoamento.

"Os extremo climáticos vem apresentando cenários complicados em várias cidades do mundo. Chuvas mais constantes, mais intensas, acarretarão em alagamento. Em Itapuã, por exemplo, houve alagamento numa rua onde não há sistema de drenagem", pontuou.

O diretor-geral da Defesa Civil aproveitou o momento para fazer um apelo à população. "Não se deve colar lixo nas beiras de canais por que isso pode trazer transtorno e risco à vida. E mais: as pessoas precisam ficar atentas e não vacilar nesses dias. Visualizando a situação de risco, devem deixar a área e acionar a Codesal pelo número 199".

exclamção leia também