25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

ENCONTRO TRISTE - 02/05/2024, 18:47 - Da Redação

Tias lamentam morte de bebê de 1 ano em praia de Salvador

Após desaparecer, corpo de criança foi encontrado em Periperi

Garoto brincava na areia quando foi visto pela última vez
Garoto brincava na areia quando foi visto pela última vez |  Foto: Reprodução/Redes Sociais//Reprodução/Vídeo

A virada de dia entre esta quarta-feira (1°) e quinta-feira (2) para a família de Gabriel dos Santos Cordeiro foi de total tristeza. O bebê de 1 ano e 6 meses foi encontrado morto por pescadores, no mar do bairro de Praia Grande, em Salvador. Ele havia desaparecido um dia antes.

Familiares da vítima foram até o local para fazer o reconhecimento do corpo da vítima. Ele brincava na areia quando foi visto pela última vez.

“Quando a gente fala de filho, por mais que tenha parcelas de erros, de culpa, que a gente não sabe, só ela sabe, mas é mãe. Mãe é mãe. Ela está sentindo uma dor bem grande, está se falando de uma mãe que está sofrendo. Ela acabou de falar ali que quer se matar. Eu disse não que você tem dois filhos para criar”, comentou Alessandra, tia de bebê encontrado morto, em entrevista à TV Bahia.

Leia mais

Mistério! Criança de 1 ano desaparece em praia no Subúrbio

Criança é encontrada morta após desaparecer em Praia Grande


Confira:

“Ele não tinha costume de ir para água, tínhamos esperança de encontrá-lo vivo”, destacou outra tia, que não teve a identidade revelada.

Por meio de um vídeo obtido pelo Portal MASSA!, é possível ver o momento em que os pescadores deixam o cadáver resgatado. “Essa criança foi encontrada aqui, um bebê do sexo masculino, infelizmente foi a óbito, provavelmente por afogamento”, mencionou antes dos parentes fazerem o reconhecimento.


Em contato com a reportagem, a Polícia Civil mencionou que a ocorrência de afogamento foi registrada na 5ª Delegacia Territorial (DT/Periperi). "O desaparecimento estava sendo apurado pela Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), que vai encaminhar o procedimento para a unidade territorial", diz um trecho da nota enviada.

exclamção leia também