26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Fatalidade! - 14/03/2024, 14:01 - Vinicius Portugal- Atualizado em 14/03/2024, 14:14

São Sebastião: "Avião deu salto mortal e pegou fogo", conta testemunha

Moradores de fazenda presenciaram momento de trágico acidente; o pilto da aeronave morreu

Apenas destroços sobraram da aeronave
Apenas destroços sobraram da aeronave |  Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Moradores de uma fazenda em São Sebastião do Passé, na região metropolitana, presenciaram o momento em quem um avião de pequeno porte caiu no povoado de Sereia. O piloto estava sozinho na aeronave e morreu carbonizado. Algumas pessoas relataram a tragédia.

"A gente estava trabalhando, quando eu vi o avião vinha baixinho, a gente saiu correndo atrás do avião. Aí ele veio meio baixo e bateu no chão. Quando ele bateu no chão, ele deu um salto mortal e já caiu pegando fogo", relatou seu Edson, em entrevista à TV Bahia.

Segundo informações do funcionário da Fazenda, um piloto ia tentar o pouso, mas o avião que acabou caindo estava saindo. "Havia outro avião pousando e ele saindo. Como ele estava saindo ele não retornou ao aeroporto, aí o outro avião estava na terra, tinha caído no chão".

Queda de aeronave não é a primeira da região, inclusive há 17 anos, no mesmo dia desse acidente, outro avião já tinha caído, causando enormes prejuízos na localidade.

Em nota, a prefeitura de São Sebastião do Passé confirmou o acidente e informou que a aeronave Seneca PT-REY, com o piloto a bordo, sofreu uma queda na localidade da Sereia, próxima à fábrica Isogama.

"A prefeitura, por meio da Defesa Civil, agiu prontamente, contatando diversos órgãos competentes, incluindo Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Superintendência da Defesa Civil do Estado da Bahia e Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT). Todos estão no local, realizando as devidas averiguações. Devido às condições climáticas adversas, com fortes chuvas e dificuldades de acesso, aguardamos mais informações dos órgãos envolvidos".

exclamção leia também