27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Caos - 09/05/2023, 13:05 - Anderson Orrico - Atualizado em 09/05/2023, 13:16

Salvador é castigada por fortes chuvas nesta terça

Diversos bairros estão alagados e com ameaças de deslizamentos

Rua Barão de Cotegipe, na Calçada, totalmente alagada
Rua Barão de Cotegipe, na Calçada, totalmente alagada |  Foto: Reprodução

Uma frente fria que chegou em Salvador está fazendo cair o maior toró e deixando a cidade em um caos total. De acordo com dados da Defesa Civil (Codesal), 100 ocorrências haviam sido registradas até o final da manhã desta terça-feira (9) e deixando em alerta áreas de risco da capital baiana.

“Estamos num período muito chuvoso de Salvador. Maio é o mês historicamente mais chuvoso de todo o ano e não tem sido diferente. Maio tem se mostrado com muitos acumulados pluviométricos e muito concentrada. Hoje, na região da Calçada, em apenas uma hora tivemos o registro de mais de 50 milímetros. O nosso protocolo é que ao termos 150 milímetros em apenas 72 horas e com a continuidade das chuvas fortes por mais 24 horas, acionamos as sirenes”, explica o diretor-geral da Codesal, Sosthenes Macedo.

Em diversos bairros da cidade são registrados deslizamentos, engarrafamentos e alagamentos, como é o caso do Uruguai onde há relatos dos moradores que depois de cinco minutos de chuva a água bateu quase um metro.

“Tem uma construção de um condomínio da Tenda aqui no Uruguai que depois que iniciaram as obras piorou tudo aqui. Já alagava, mas agora ficou pior, com essa água de lama porque é do barro que escorre de lá e vem todo pra cá”, reclama o morador Elias Rodrigues.

Na rua Barão de Cotegipe, na Calçada, algumas lojas tiveram que fechar porque foram invadidas pela água e a Feira de São Joaquim ficou completamente alagada.

De acordo Sosthenes, a tendência é de que essa chuva perca um pouco da intensidade, mas ainda essa semana voltará a ter grandes acumulados pluviométricos.

“As pessoas que moram nas áreas de risco geológico, principalmente aquelas que mora nos locais que contam com sistema de alerta e alarme precisam ficar muito atentas e observando qualquer sinal diferente tem que ligar para o 199 e pedir o apoio de um técnico da Codesal para fazer a vistoria e garantir a segurança de todos”, reforçou.

Boletim de ocorrências

Até o momento, a região da Liberdade lidera o ranking com 17 ocorrências, entre elas cinco ameaças de deslizamento e quatro de desabamento. Outro localidade que chama a atenção é a Pau da Lima, que dos 15 casos registrados, três são ameaça de deslizamento e duas ameaças de desabamento.

A região do Itapuã tem 14 registros, seguida da Cidade Baixa com 11, Cajazeiras, Centro e o Subúrbio com oito.

Ainda segundos dados divulgados pela Codesal, nas últimas 24h os bairros com maiores volume de chuva foram Liberdade (60,4mm), Engenho Velho de Brotas (55,8mm), Centro e Calçada (51mm) e Capelinha de São Caetano (44,4mm).

Confira alguns registros do 'cacau caindo' em Salvador:

exclamção leia também