29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Parabéns, Salcity! - 29/03/2024, 09:30 - Jacson Brasil

Salvador 475 anos: saiba como surgiu a expressão "o cacau vai cair"

Historiador conta como pirambeira em São Caetano deu origem ao aviso de chuva

Ladeira do Cacau, em São Caetano
Ladeira do Cacau, em São Caetano |  Foto: Raul Spinassé/ Ag. A Tarde

Ao menor sinal de nuvens carregadas no céu, o soteropolitano exclama: "o cacau vai cair!". Para quem mora em Salvador, a tradução desta histórica expressão popular já tem um lugar reservado no 'HD' do cérebro e ele trata de nos alertar que vem chuva, muitas vezes forte. Mas, venha cá, você sabe de onde veio esta associação do aguaceiro com o fruto que dá origem ao chocolate?

Primeiro, vamos dar um rolé histórico na primeira capital do Brasil, que completa, nesta Sexta-feira da Paixão, 475 anos de fundação. Repare que Salcity está encravada, em sua grande parte, em áreas altas. Mas não pense que os primeiros habitantes daqui, especialmente portugueses para marcarem território, estavam "procurando sarna para se coçar" quando resolveram construir suas casas nos pontos mais altos. A questão, lá pelos idos de 1549, quando ocorreu a fundação da cidade, era segurança.

"Foi uma estratégia dos portugueses construir uma cidade no alto. Não porque eles queriam contemplar a vista da Baía de Todos os Santos, ter uma vista privilegiada. Eles visavam a segurança. Era importante saber quem estava vindo pelo mar em direção à cidade", explicou, ao Portal Massa!, o historiador e professor universitário Clíssio Santana.

Nas primeiras décadas da edificação de Salvador, áreas que hoje são a Praça Castro Alves, Barra e Corredor da Vitória tiveram a preferência dos portugueses. A partir daí, a cidade foi crescendo da frente do mar para dentro e fazendas passaram e ser criadas em locais como a Lapinha.

O Cacau de São Caetano

Nas décadas de 50 e 60, Salvador já possuía cerca de 400 mil habitantes e áreas rurais começaram a ser povoadas, a exemplo do bairro de São Caetano, que tornou-se importante ligação, por uma estrada onde hoje é a BR-324, do centro de Salvador para o interior da Bahia.

Quem conhece o bairro, sabe o quanto ele é alto. Para ter noção, basta transitar pela Ladeira do Bambuí, por exemplo. Só que a ladeira que deu origem à expressão "o cacau vai cair" é a que foi batizada com o nome do saboroso fruto: a Ladeira do Cacau, uma pirambeira que era a principal ligação entre São Caetano e a região dos Alagados.

O local sempre foi castigado por fortes chuvas. Durante os temporais, centenas de toneladas de terra desciam morro abaixo, levando o que estava na frente, inclusive vidas humanas. Desta forma, toda vez que uma tempestade se formava, especialmente nos meses de março e abril, os moradores largavam: "o cacau vai cair". Todos já estavam escaldados pelos prejuízos anteriores.

"O nome Ladeira do Cacau não foi dado porque lá havia uma fazenda que cultivava o fruto. Não havia plantação de cacau, ali. Não há referência bibliográfica que trate disso, mas imagino que o batismo ocorreu porque a polpa do cacau é escorregadia, como era a ladeira naquela época", disse Clíssio Santana.

Hoje, a frase o "cacau vai cair" não é utilizada exclusivamente em Salvador, mas em toda a Bahia. Está estampada em camisas e na boca do povo. Com relação aos deslizamentos de terra, contenções de encosta feitas no local aliviaram o medo de quem não podia ver uma nuvem escura no céu.

exclamção leia também