25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

querem solução! - 28/08/2023, 08:28 - Vinicius Rebouças - Atualizado em 28/08/2023, 09:10

Rodoviários metem passeata em gargalo da Estrada do Coco

Categoria para trânsito em reivindicação por direitos trabalhistas e manutenção de empregos

Rodoviários Metropolitanos reivindicam verbas trabalhistas de 530 profissionais demitidos
Rodoviários Metropolitanos reivindicam verbas trabalhistas de 530 profissionais demitidos |  Foto: Shirley Stolze / Ag A Tarde

Os rodoviários metropolitanos realizam uma passeata na manhã desta segunda-feira (28) na Estrada do Coco, na altura de Caji, em Lauro de Freitas. A categoria reivindica direitos trabalhistas de 530 rodoviários e funcionários dispensados pelas empresas BTM, VSA e Linha Verde, além da garantia da manutenção de empregos de mais de 1,2 mil trabalhadores do sistema de transporte público da Região Metropolitana de Salvador.

O movimento é organizado pelo Sindicato dos Rodoviários Metropolitanos da Bahia (Sindmetro-BA). Nas redes sociais, a entidade afirma que os profissionais “não aceitam desvio de finalidade” e que a “PEC 123/22 não pertence às empresas de transporte”. O projeto de lei dispõe sobre o auxílio financeiro repassado pelo Governo Federal aos estados que outorgaram créditos tributários do ICMS.

Manifestação dos rodoviários afeta tráfego na Estrada do Coco
Manifestação dos rodoviários afeta tráfego na Estrada do Coco | Foto: Shirley Stolze / Ag A Tarde

Caso a manifestação evolua para uma paralisação ou greve, mais de quinze municípios terão o sistema de transporte público afetado: Lauro de Freitas, Camaçari, Simões Filho, Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde, Santo Amaro, São Sebastião do Passé, Dias D'Ávila, Mata de São João, Praia do Forte, Porto de Sauípe, Subaúma, Conde, Imbassaí, Rio Real e Arembepe.

O Portal Massa! ainda aguarda respostas da diretoria do Sindmetro, da Agerba e do Governo do Estado.

exclamção leia também