31º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Vem aí - 20/08/2023, 07:11 - Da Redação

Ponte Salvador-Itaparica está prestes a sair do papel

Sondagem para implantação do projeto começa nos próximos meses

Investimento no equipamento será de aproximadamente R$ 160 milhões
Investimento no equipamento será de aproximadamente R$ 160 milhões |  Foto: Divulgação

Empreendimento bastante aguardado pelos baianos devido a sua grandiosidade e poder transformador da realidade socioeconômica do estado, a Ponte Salvador-Itaparica segue com suas atividades avançando. O próximo passo que vai marcar o início da obra é a atividade de sondagem na Baía de Todos os Santos (BTS), prevista para começar nos próximos meses, com um investimento de aproximadamente R$ 160 milhões.

Cinco embarcações especificas para esse tipo de serviço estarão na BTS para coletar amostras do solo marinho, validar os locais para fixação dos pilares da ponte e definir a profundidade dessas estruturas.

Segundo o CEO da Concessionária Ponte Salvador-Itaparica, Claudio Villas Boas, este é um empreendimento com elevado grau de complexidade devido à engenharia e dimensão financeira.

“Estamos construindo a maior ponte da América Latina com extensão de 12.4 km em cima do mar, um dos maiores investimentos em infraestrutura do país. Desde o início, contamos com a determinação do Governo do Estado e hoje contamos com o empenho e dedicação do governador Jerônimo Rodrigues e a sua equipe de secretários. Estamos tirando do papel e tornando realidade esse projeto após todas as dificuldades impostas pela pandemia”.

De acordo com Villas Boas, devido à dimensão do empreendimento, diversos tipos de estudos nas mais variadas áreas tiveram que ser feitos para chegar ao ponto de iniciar a obra propriamente.

“Já foram finalizados todos os estudos preliminares para o início da obra, como a batimetria, geofísica, avaliação dos impactos ao patrimônio material e imaterial, estudos de tráfego, pesquisa arqueológica, estudo de impacto ambiental, mapeamento dos povos de comunidades tradicionais da Ilha de Itaparica, entre outros. Durante a obra, a expectativa é de que sejam gerados sete mil empregos que serão divulgados à medida que as atividades em campo avancem”.

O grande diferencial da Ponte Salvador-Itaparica será o estímulo ao desenvolvimento urbano, além da transformação social e econômica da Bahia.

“Mais de 10 milhões de baianos em cerca de 250 municípios serão beneficiados por esse novo equipamento. Estamos seguindo as diretrizes do Governo estadual para conceber um investimento que gere oportunidades para os baianos e que coloque o nosso estado em um novo patamar de desenvolvimento”, comenta Villas Boas.

Ainda segundo ele, estudos do Banco Mundial já identificaram que este projeto proporcionará ganhos à sociedade de R$ 8 a R$ 10.9 bilhões, o que representa um retorno de 2,9 a 3,6 vezes sobre o investimento público previsto para o projeto.

exclamção leia também