25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Contratado pela Prefeitura! - 14/12/2022, 14:47 - Cássio Moreira - Atualizado em 14/12/2022, 15:40

Operação 'caça' suspeitos de desvio de verbas em hospital de Salvador

Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão

Operação investiga possível esquema de desvio de recursos públicos
Operação investiga possível esquema de desvio de recursos públicos |  Foto: Divulgação

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) realizou, nesta quarta-feira (14), o cumprimento de 14 mandados de busca e apreensão nas residências de sete suspeitos investigados por possível participação no esquema de irregularidades na execução de serviços no Hospital Santa Clara, contratado pela Prefeitura de Salvador em 2020 para atender pacientes com Covid-19.

O contrato, segundo o MP-BA, é estimado na casa dos R$ 18,6 milhões, e foi fechado para a prestação de serviços ligados ao tratamento ambulatorial e internação dos pacientes. Ainda de acordo com o MP-BA, a prefeitura pagou um valor superior a R$ 1,5 milhão.

Os 14 mandados, expedidos pela 2ª Vara Criminal Especializada da Comarca, foram cumpridos da segunte forma

Quatro em Salvador;

Dois em Lauro de Freitas;

Três em Feira de Santana;

Dois em Teixeira de Freitas;

Dois em São João D'Aliança, no estado de Goiás;

Um em Brasília.

A operação contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal da Bahia (PRF-BA); Força-Tarefa de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsão da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, coordenada pela Corregedoria-Geral; dos Gaecos do Ministério Público de Goiás (MPGO) e do Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT). O objetivo, segundo o Ministério Público, é coletar indícios de que existe um esquema de desvio de recursos públicos por meio de uma entidade fantasma. Foram apreendidos celulares, pendrives, computadores e documentos.

exclamção leia também