28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Desespero - 29/03/2023, 19:14 - Bruno Dias

Mulher foi enterrada viva e passou dez horas no túmulo

Criminosos continuam foragidos e procurados pela polícia

Policiais investigando tumulo da mulher enterrada viva
Policiais investigando tumulo da mulher enterrada viva |  Foto: Divulgação / Policia Militar

A polícia continua investigando o caso da mulher de 36 anos que foi enterrada viva no Cemitério Municipal de Visconde do Rio Branco, em Minas Gerais. Suspeita-se que a vítima tenha ficado por pelo menos 10 horas na cova antes de ser resgatada e levada para a UTI do Hospital São João Batista, onde seu estado de saúde é considerado grave. Informações foram dadas pelo último boletim divulgado pela polícia nesta quarta-feira (29).

O incidente foi descoberto, nesta terça-feira (28), por coveiros que ao chegarem para trabalhar encontraram sangue e cimento fresco na estrutura fechada.

“Acredito que possa ser um período aproximado de 10 horas. Se a gente fizer um cálculo, o horário pode ser um indício. Ela pode ter sido colocada lá de 22h a 2h da manhã”, explicou Ely Dias, tenente da Polícia Militar.

De acordo com informações fornecidas pela Polícia Civil, a mulher foi enterrada viva como um ato de vingança. Os responsáveis pelo crime teriam exigido que ela entregasse armas e drogas que estavam em suas mãos, mas a vítima afirmou que esses itens foram perdidos. A suspeita é que o crime tenha sido motivado por conta da recusa da vítima em entregar esses objetos.

A mulher foi resgatada pelo Samu após ser encontrada com ferimentos na cabeça e encaminhada para o Hospital São João Batista. As autoridades estão em busca de duas pessoas relacionadas ao caso.

exclamção leia também