27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Cultura Afro-Brasileira - 02/03/2024, 13:30 - Vitor Lyrio

Margareth Menezes faz reunião para debater tombamento de terreiro

Ministra se reuniu com a prefeita de Cachoeira e com o pai Duda de Candola, representante do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê

Encontro contou com diversas personalidades importantes para a cidade de Cachoeira
Encontro contou com diversas personalidades importantes para a cidade de Cachoeira |  Foto: Divulgação

A prefeita da cidade de Cachoeira, Eliana Gonzaga (PT), participou de uma audiência, na última quinta-feira (29), com a ministra da Cultura, Margareth Menezes, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, e um dos temas abordados no encontro foi o PAC 3, com o tombamento do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê na pauta.

“Também conversamos sobre políticas públicas na área da cultura para Cachoeira. Outro tema da reunião foi o tombamento do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê. Essa iniciativa do IPHAN é muito importante. Trata-se de um reconhecimento à importância deste local para a cultura do Recôncavo, da Bahia e do Brasil”, largou a prefeita.

Pai Duda de Candola, representante do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê, também esteve presente no encontro.

“O tombamento do Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê é um momento muito especial. Estamos retomando a pauta de acolhimento à cultura afro. Esta ação do IPHAN é muito importante para a valorização da identidade do povo de santo, dos terreiros. Todos devem ter a garantia das políticas públicas”, frisou a ministra Margareth Menezes.

O Terreiro Ilê Axé Icimimó Aganjú Didê, do município de Cachoeira, foi tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro, na 103ª Reunião do Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), que aconteceu na última quinta-feira (29), em Brasília. A prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga também esteve presente no evento.

A reunião do IPHAN contou com a presença da deputada Federal, Lídice da Mata (PSB), que é natural de Cachoeira; do líder religioso do Terreiro, Pai Duda de Candola; e de Josmar Barbosa (Republicanos), vereador de Cachoeira.

exclamção leia também