26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

parou a cidade - 29/04/2024, 12:35 - Bruno Dias e Pevê Araújo - Atualizado em 29/04/2024, 12:57

Manifestação dos rodoviários atrapalha trânsito na região da Lapa

Populares pegos de surpresa com o protesto foram prejudicados pela falta do transporte coletivo na localidade

Região apresentou trânsito lento com a situação de protesto desta segunda-feira (29)
Região apresentou trânsito lento com a situação de protesto desta segunda-feira (29) |  Foto: Olga Leiria / Ag. A TARDE

Uma manifestação realizada pelos rodoviários de Salvador no final da manhã desta segunda-feira (29), está causando transtornos aos motoristas que estão de passagem nas imediações da Estação da Lapa. De acordo com a Transalvador, o trânsito na região apresenta muita lentidão.

A situação também está afetando a mobilidade da população da capital baiana que necessita dos coletivos para seguir com a rotina, além de atrapalhar o fluxo do trânsito na localidade.

População afetada

Muitas pessoas foram pegas de surpresa nesta manhã e tiveram que se locomover da Lapa andando, como o caso de Janaína Costa, que foi uma das prejudicadas.

"Eu estou indo trabalhar e fui pega de surpresa com essa paralisação agora aí, que parece que vai durar duas horas. E aí, logo de imediato que eu soube, mandei mensagem pra patroa, tirei foto e mostrei a ela como não ia ter ônibus porque eu trabalho na Graça", contou.

Confira vídeo:

Leia mais:

Salvador pode amanhecer sem ônibus nesta terça-feira; entenda

Rodoviários farão mobilização na Lapa no final da manhã desta segunda

A mulher expressou que mora fora da cidade e necessita do transporte público para poder trabalhar em Salvador, sendo duramente afetada pela situação de protesto imposta pelos rodoviários.

"Na verdade eu moro em Simões Filho e trabalho aqui em Salvador, então o transtorno vai ser muito maior, né. Tomara que Deus coloque a mão aí que e se resolva ainda hoje essa situação que está se prolongando. E eu não tiro os direitos deles, né, porque eles têm que reivindicar e tem que correr atrás. Só que a gente também não pode ficar prejudicado", bradou.

De acordo com o vereador Tiago Ferreira (PT), as reinvindicações da categoria giram torno do destravamento da campanha de reajuste salarial, além de questões referentes aos assédios profissionais sofridos pelos trabalhadores.

exclamção leia também