28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Sul da Bahia - 21/12/2023, 21:40 - Da Redação- Atualizado em 21/12/2023, 22:03

Líder indígena é assassinado na BA; movimento cobra justiça

Crime aconteceu nesta quinta (21) e filho presenciou tudo

Lucas Pataxó-hã-hã-hãe tinha 31 anos
Lucas Pataxó-hã-hã-hãe tinha 31 anos |  Foto: @mupoiba

O cacique Lucas Pataxó-hã-hã-hãe, de 31 anos, foi morto a tiros, na tarde desta quinta-feira (21), na estrada de Pau Brasil, no município de Itajú do Colônia, no Sul da Bahia. A Polícia Civil investiga o caso.

Ao Portal Massa!, Fabiana Jesus, coordenadora de comunicação do Movimento Unido dos Povos e Organizações da Bahia (Mupoiba), informou que o indígena foi atacado por três criminosos armados e encapuzados. "Ele estava em uma moto, acompanhado do seu filho. Encontraram a criança, ao lado do corpo, desesperada e chorando", disse.

Fabiana reforça que "atos de violência acontecem com bastante frequência nos territórios indígenas, especialmente contra o povo Pataxó-hã-hã-hãe, na região Sul do estado da Bahia".

Lucas Pataxó-hã-hã-hãe tinha 31 anos
Lucas Pataxó-hã-hã-hãe tinha 31 anos | Foto: @mupoiba

O Mupoiba divulgou uma nota cobrando justiça. Confira o texto, na íntegra:

O Movimento Unido dos Povos e Organizações da Bahia-Mupoiba, lamenta profundamente o assassinato do Cacique Lucas Pataxó-hã-hã-hãe, de 31 anos, Coordenador Região Sul do Mupoiba, agente de saúde da SESAI, mobilizador de esportes na comunidade, defensor da educação escolar indígena, Conselheiro Estadual dos direitos dos Povos indígenas do estado da Bahia (COPIBA) e Presidente do Diretório Municipal da REDE. Foi covardemente atacado hoje (21/12), por três criminosos encapuzados que cercaram sua moto quando retornava da cidade de Pau Brasil para a Aldeia Caramuru Catarina Paraguassu, com seu filho na garupa. Cacique Lucas, membro essencial de nossa comunidade, dedicou toda sua vida ao movimento indígena, deixando um marcante legado de liderança.

Exigimos, com veemência, que a justiça seja feita! Nossas condolências ao povo Pataxó-hã-hã-hãe, assim como aos amigos e familiares deste valente guerreiro, Lucas, que deixa uma viúva e três filhos. Clamamos por justiça pela vida do Cacique Lucas.

exclamção leia também