25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Desfile - 11/01/2023, 22:32 - Da Redação

Lavagem do Bonfim vai contar com a estreia do 'Cortejo da Diversidade'

Público LGBTQIAPN+ terá desfile com distribuição de preservativos, gel lubrificante e informações jurídicas

Colina Sagrada será também o ponto de chedada do desfile da diversidades este ano
Colina Sagrada será também o ponto de chedada do desfile da diversidades este ano |  Foto: Canva/Divulgação (Ilustrativa)

A tão esperada Lavagem do Bomfim, que volta a acontecer nesta quinta-feira (12) após dois anos suspensa, devido à pandemia, terá uma novidade este ano. O Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT (CPDD LGBT-BA) anuncia a realização do Cortejo da Diversidade.

O desfile vai reunir toda a população interessada na garantia da cidadania plena das pessoas LGBTQIAPN+ e, ao longo de todo o trajeto, entre a Conceição da Praia e a Colina Sagrada, irá disponibilizar preservativos internos e externos, gel lubrificante e informações sobre os diretos da população LGBTQIAPN+.

"É uma festa que mistura grupos de várias religiões e pessoas de todas as identidades, numa verdadeira comunhão da diversidade", ressalta Brisa Dorea, coordenadora de Acolhimento e Sociabilidade do CPDD, instrumento da Secretária de Justiça e Direitos Humanos, gerido pela Instituição Beneficente Conceição Macêdo.

Entre os serviços disponnibilizados pelo setor jurídico do CPDD, está a retificação de prenome e gênero, cujo processo tem acompanhamento gratuito. O cortejo sairá às 8 horas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia com destino a Colina Sagrada, embalado pela Transbatukada. Também serão distribuídos informativos sobre os mecanismos de prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

“É o Cortejo da Diversidade na Lavagem do Bonfim em pleno Mês da Visibilidade Trans. Uma coincidência que nos enche de alegria e esperança por um mundo mais junto, inclusivo, diverso e pacífico, a exemplo da população LGBTQIAPN+”, comemora Renildo Barbosa, coordenador geral do CPDD.

exclamção leia também