28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Bahia - 16/03/2024, 16:30 - Da Redação

Jero entrega mais uma escola de tempo integral; já são 74, desde 2023

Governador inaugurou unidade de ensino em Macajuba, neste sábado (16)

Nova escola custou R$ 5,8 milhões
Nova escola custou R$ 5,8 milhões |  Foto: Joá Souza/GOVBA

O governador Jerônimo Rodrigues entregou, neste sábado (16), mais uma escola de tempo integral. O chefe do Executivo Estadual esteve em Macajuba, no Piemonte do Paraguaçu, onde inaugurou o Colégio Estadual Carlito de Carvalho.

Esta foi mais uma das 74 unidades de ensino integral inauguradas na Bahia, desde o início de 2023. O equipamento, que foi ampliado e modernizado, está entre os investimentos realizados pelo Governo do Estado no município, que também ganhou um novo mercado municipal, barracas para os pequenos produtores, unidade de beneficiamento de mel e sistema de esgotamento sanitário.

O governador Jerônimo Rodrigues, que é professor, recordou o tempo de estudante. "Eu estudei em escola de uma sala só, que não tinha nem banheiro. Não tinha restaurante, era uma cantina, e a gente agradecia a Deus. Hoje, o que a gente quer ver são os nossos filhos estudando, comendo aipim, ovo daqui, de agricultura familiar. Eu quero que o fubá de milho, o feijão que a escola compra, para fazer a feijoada para os nossos meninos e meninas, seja de qualidade, produzido aqui. Esse é um tema sensível para nós", contou Jero.

O chefe do Executivo ainda lembrou que, com Macajuba, são 168 cidades baianas com projetos entregues ou em andamento pela gestão estadual.

A reforma do colégio estadual, executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), incluiu a construção de mais quatro salas de aula, teatro, campo de futebol society, reforma da quadra poliesportiva e do laboratório de biologia; instalação de um restaurante estudantil, com 48 lugares, que vai atender ao programa baiano de combate à insegurança alimentar nas escolas, e outros serviços na estrutura do imóvel. Foram R$ 5,8 milhões aportados na unidade.

exclamção leia também