28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

OXE, OXE - 08/04/2024, 16:25 - Da Redação - Atualizado em 08/04/2024, 16:38

Invasão de jacarés? Moradores registram presenças de réptil após chuva

Animais foram flagrados em meio a ocorrência de temporais em todo o estado

A captura aconteceu durante a manhã desta segunda-feira (8)
A captura aconteceu durante a manhã desta segunda-feira (8) |  Foto: Montagem Portal MASSA!//Reprodução/Vídeo

Presenças marcantes eventualmente em períodos chuvosos, os jacarés chegaram em 'bonde' em localidades diferentes do estado da Bahia nesta segunda-feira (8). Um dos flagrantes do réptil aconteceu em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Moradores de um condomínio capturaram o jacaré-mirim no bairro Areia Branca. Ele precisou ser amarrado e deixado no condomínio de modo a aguardar o resgate da Companhia de Proteção Ambiental (COPPA).

A equipe do departamento realizou o manejo e encaminhamento do espécime para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Inema, onde receberá os devidos cuidados.

“O trato com animais silvestres exige um cuidado diferenciado, por isso é importante que o cidadão acione a Coppa em casos assim. Também é importante preservar a vida das espécies, lembrando que é crime matar animais silvestres”, detalhou a major Érica Patrícia, comandante da Coppa.

Confira:


Leia mais

Vídeo: Bombeiros 'resgatam' Jacaré falso em condomínio de Minas Gerais

Jacaré invade casa e morde cachorro no norte da Bahia

‘Jaca’ na Suburbana

Ainda nesta segunda, outro jacaré foi encontrado, desta vez, no bairro de Periperi, na capital baiana. Por meio de um vídeo obtido pelo Portal MASSA!, é possível ver o momento em que moradores aparecem reunidos em torno do animal.

Um deles, inclusive, segura o animal com uma espécie de corda, enquanto o outro toca no rabo.

Confira:

A reportagem entrou em contato com o órgão para saber se houve resgate dos animais, mas até a publicação desta matéria, não obteve retorno. O espaço segue aberto para manifestações.

exclamção leia também