28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

NA MARÉ MANSA - 22/12/2022, 15:03 - Da Redação

Instituto registra aumento histórico de baleias jubartes no litoral

Levantamento aponta uma população de 25 mil desses animais nesta temporada

Aumento representa a preservação da espécie no litoral brasileiro
Aumento representa a preservação da espécie no litoral brasileiro |  Foto: Divulgação/ Instituto Baleia Jubarte

A população das baleias jubartes que visitam a costa brasileira vem aumentando significativamente. A constatação é do último levantamento realizado pelo Instituto Baleia Jubarte (IBJ), em parceria com a Veracel Celulose, entre a divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte até o litoral norte de São Paulo. O monitoramento estimou uma população de 25 mil desses animais nesta temporada, considerado um crescimento histórico.

De acordo com o IBJ, o número se aproxima ao de 200 anos atrás, quando se estima que era de 27 a 30 mil mamíferos da espécie em águas brasileiras. “Este constitui o estudo de mais longo prazo já realizado com uma população de baleias no Brasil e permitiu acompanhar a cada ano não apenas a recuperação do número de animais da espécie, como a forma como ela foi reocupando nossas águas territoriais. Foi baseado nos resultados deste monitoramento que o Ministério do Meio Ambiente, em 2014, retirou a baleia-jubarte da Lista Nacional de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção”, explica a bióloga Márcia Engel, coordenadora do monitoramento aéreo.

“Depois de décadas de atuação na proteção das baleias, ver essa população quase totalmente recuperada dá uma enorme alegria e uma sensação de dever quase cumprido. Quase, porque sempre temos que atuar para evitar que elas voltem a ser ameaçadas por impactos das atividades humanas”, destaca Enrico Marcovaldi, um dos fundadores do Projeto Baleia Jubarte e que acompanhou todo o esforço de proteção da espécie nos últimos 34 anos de atuação do Instituto.

Leia mais:

Lavagem do Bonfim é confirmada após dois anos sem festejos

De acordo com a especialista, a maior concentração das jubartes é encontrada na região de Abrolhos, na Bahia, conhecida como o berçário dessa espécie. Por ter muitos arrecifes e outras áreas mais protegidas, como o arquipélago de Abrolhos, o sul da Bahia e o norte do Espírito Santo são as regiões do litoral brasileiro mais procuradas pelas jubartes para ter os filhotes, que ficam naturalmente mais protegidos. “Elas procuram os locais com melhores condições para o desenvolvimento dos filhotes nos seus primeiros dias de vida”, completa a bióloga.

exclamção leia também