28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

O amor tudo suporta?! - 08/04/2024, 10:23 - Vinicius Viana

Homem que teve pênis decepado pela ex reata com ela; saiba detalhes

Além de perdoar, frentista vai arcar com despesas para tirar mulher da cadeia

Frentista vivia com cozinheira
Frentista vivia com cozinheira |  Foto: Reprodução/Redes Sociais

O frentista Gilberto Nogueira de Oliveira, de 39 anos, que teve o pênis decepado pela ex-companheira, decidiu dar uma nova chance para o amor ao voltar para ela. A cozinheira Daiane dos Santos Farias, de 34 anos, praticou o crime após descobrir uma traição do rapaz, que se envolveu com a sobrinha dela, de apenas 15 anos.

A Vingança

De acordo com as investigações, a mulher prendeu o órgão genital do parceiro em um elástico e usou uma navalha para cortá-lo. Na delegacia, a cozinheira confessou o crime e foi presa. Já o homem passou por uma série de cirurgias e ainda não está totalmente recuperado.

O Perdão

Após ter o pênis decepado, o frentista bateu o pé ao dizer que não perdoaria Daiane. No entanto, segundo informações do colunista Ulisses Campbell, o casal reatou o relacionamento. Na coluna True Crime, o jornalista revelou uma troca de cartas entre o casal. Conforme os registros, a primeira mensagem foi enviada por Gilberto, no dia 15 de março, querendo saber como Daiane estava.

O frentista achava que jamais receberia resposta. Porém, para sua surpresa, duas semanas depois, ele recebeu uma carta escrita de dentro da Penitenciária Feminina de Mogi Guaçu, onde a cozinheira aguarda julgamento. Ao responder Gilberto, Daiane contou sentir “vergonha” de ter decepado o companheiro e relatou as condições deploráveis do cárcere.

Em uma das cartas, Gilberto afirmou que perdoou completamente a mulher e se mostrou disposto a voltar. Na correspondência, ele manifestou o desejo de visitá-la na cadeia assim que possível e também se propôs a arcar com as despesas de sua defesa, estipuladas em R$ 40 mil.

exclamção leia também