24º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Que loucura - 05/06/2024, 09:21 - Da Redação

Homem é arrastado em cima de carro após treta por vaga; vídeo

Caso polêmico aconteceu nesta segunda-feira (3), no bairro de Nazaré, em Salvador

Uelber sendo arrastado pela motorista
Uelber sendo arrastado pela motorista |  Foto: Reprodução/Vídeo

A Polícia Civil (PC) está de saque em uma situação barril: uma mulher jogou o carro que dirigia contra um homem depois deles baterem boca, no bairro de Nazaré, em Salvador, por causa de uma vaga. Em um vídeo gravado por ele próprio, Uelber Aleluia aparece sendo 'arrastado' pelo veículo. O caso ocorreu na segunda-feira (3).

"Assassina aqui, querendo me matar. Tentativa de homicídio em pleno Vale do Nazaré, a senhora tentando me jogar com o carro", narrou ele enquanto levado pela mulher dirigindo um carro modelo Nissan Kicks.

Uelber acusa a mulher de meter o carro, na cara de pau mesmo, em frente a garagem da clínica dele, além de soltar injúrias raciais para ofendê-lo. Segundo ele, a mulher não deu bola e nem espaço para uma conversa amigável. "Não tenho diálogo e nem converso com neguinhos", ela teria dito.

"Estou fisicamente bem, tive algumas escoriações na perna, mas psicologicamente abalado por conta das injúrias raciais, porque foi a primeira vez. Essa senhora estava descontrolada, xingando, falou que 'esses pretinhos são todos assim', por um motivo banal, que poderia ser resolvido com um diálogo", contou ao g1.

"Até hoje não consigo deitar minha cabeça na cama e dormir. Fiz uma pesquisa, descobri que essa pessoa é formada em psicologia e eu não sei como uma pessoa dessa pode exercer essa profissão", completou Uelber Aleluia.

Ainda de acordo com Uelber, flanelinhas chegaram na motorista e deram a ideia para ela não parar o carro na vaga, pois o local também dá acesso a um lar de idosos, que fica bem do lado da clínica dele.

"Ela indagou para ele que não tinha sinalização vertical e que ia estacionar aqui mesmo. Foi o que ela fez, foi bastante ignorante com ele, se retirou do carro e foi para seu destino", continuou Uelber.

Uelber colou nessa briga justamente nessa hora, então presenciou a discussão da mulher com os flanelas e interviu. Foi aí que ela jogou o carro e simplesmente arrastou ele por 1 km.

"Foi nesse momento que ela falou que 'esses pretinhos são todos iguais', arrastou o carro e disse: 'não converso com esses neguinhos'. Aí fui atropelado e arrastado", descreveu. Através de nota, a PC mandou o papo que está investigando esse barraco.

exclamção leia também