29º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Lazer e conscientização - 19/12/2023, 06:20 - Maria Laura S. de Souza

Hemoba realiza programação especial de fim de ano para atrair doadores

Além da grade de atividades, os locais de doação também contam com horário especial de atendimento para o Natal e Ano Novo

Em Salvador, a Hemoba realiza a coleta em cinco unidades fixas
Em Salvador, a Hemoba realiza a coleta em cinco unidades fixas |  Foto: Divulgação/Hemoba

O período de fim de ano marca as campanhas para arrecadação de sangue em todo o país. Em Salvador, os bancos de sangue e Instituições estão se movimentando para mobilizar doadores e reforçar o estoque de sangue nas unidades. Além da grade de atividades, os locais de doação também contam com horário especial de atendimento para o Natal e Ano Novo, além de brindes de incentivo e agradecimento aos doadores que comparecem às unidades.

Nesta terça-feira (19), às 10h, o Centro de Referência em Salvador vai oferecer uma “Oficina de Desejos” com o tema "O que eu desejo para 2024". A atividade vai ser conduzida pela artista plástica Luísa Borges, que também vai distribuir presentes para os participantes. Já às 18h, vai acontecer a Live Café com Saúde, transmitida no canal do Youtube da Hemoba com as participações das médicas hematologistas Jamile Nicanor e Aline Dórea e a assistente social Társila Castro. O intuito é falar sobre transfusão de sangue para pessoas com doença falciforme.

Ainda na terça-feira (19), a sede da Hemoba recebe também colaboradores da CCR Metrô Bahia, que vão doar sangue como parte do programa de voluntariado do Instituto CCR. Às 14h, cerca de 30 funcionários irão colaborar com o aumento do estoque de bolsas do hemocentro. Nas redes sociais, a Hemoba vai destacar ainda desenhos criados por crianças que são atendidas pelo Centro Estadual de Referência às Pessoas com Doença Falciforme Rilza Valentin. Na tarde de ontem, o Hemocentro Coordenador de Salvador também recebeu a visita do Papai Noel dos Correios, que recepcionou os doadores na unidade.

Até o dia 31, a instituição também vai participar da campanha da Associação Baiana de Pessoas com Doença Falciforme, arrecadando alimentos. As caixas coletoras estão localizadas na sede da Hemoba. De acordo com Aline Dórea, no período do Natal, além do horário normal, as unidades da Hemoba vão funcionar no dia 23 das 7h30 às 13h, e as unidades móveis do Salvador Shopping e no Shopping Bela Vista, até o dia 23, sempre das 8h às 16h. “No dia 25 e 01 de janeiro, todas as unidades na capital e interior estarão fechadas”, informa.

No GSH Banco de Sangue de Salvador, a Campanha de Natal emociona os doadores com mensagens de agradecimento dos pacientes que recebem as bolsas de sangue. “A ideia é estimular a troca de mensagens, convidando os doadores a também deixarem uma palavra de esperança a esses pacientes que estão internados nos hospitais em tratamento”, comenta a assessoria. Como parte da campanha, os doadores também recebem um enfeite para a árvore de Natal. A instituição funciona diariamente, das 7h às 18h, incluindo sábados, domingos e feriados

Em 222 a Bahia movimentou 157.480 candidatos à doação. Já neste ano, até outubro, a Fundação recebeu 140.323 voluntários, um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. A Semana Nacional do Doador de Sangue da Hemoba, que aconteceu de 20 a 25 de novembro, mobilizou 5.518 voluntários à doação em todo o estado, com 4.296 bolsas coletadas, um aumento de 32% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2022, foram 4.173 candidatos com 3.252 bolsas coletadas.

Aline explica que apesar do aumento nos números, a coleta ainda se mostra pequena. “A gente teve um aumento significativo também nos pedidos de transfusão, então, na prática, a gente ainda está coletando menos do que se precisa coletar em bolsas. Estamos em estoque crítico por enquanto”, completa. Os tipos sanguíneos A-, B+, B-, O+ e O- são os mais requisitados nas unidades no momento.

Para a hematologista, o final de ano sempre representa redução no movimento de doadores, por isso as campanhas se mostram mais fortes nesse período, para que as pessoas se lembrem de doar sangue mesmo envolvidas nas atividades que o período reserva. “Além da redução de doadores, pode haver o aumento de ocorrências relacionadas as emergências, porque além das festas, tem aumento do movimento nas estradas, devido às viagens, o que pode ocasionar um número maior de vítimas de traumas”, afirma.

exclamção leia também