26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

tragédia - 24/03/2024, 11:30 - Da Redação

Fortes chuvas deixam vários mortos no Sudeste no país

Tempestades foram provocadas pela chegada de uma frente fria que causou estragos no Rio Grande do Sul e em São Paulo

Temporal deixou 12 mortos na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro
Temporal deixou 12 mortos na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro |  Foto: PABLO PORCIUNCULA/AFP

Um temporal deixou 12 mortos na região Sudeste do Brasil, a maioria na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro, onde autoridades se mobilizavam neste sábado (23), para tentar reduzir os danos.

O estado carioca registrava sete mortos desde o começo das chuvas, no dia anterior, informou o governo. Autoridades do Espírito Santo confirmaram quatro mortos e sete desaparecidos.

Tragédias como esta se intensificam com as mudanças climáticas, ressaltou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na rede social X, antigo Twitter, solidarizando-se com as famílias afetadas.

O governo do Rio confirmou quatro mortos no desabamento de uma casa e um pequeno prédio em Petrópolis, a cerca de 70 quilômetros da capital.

Uma equipe da AFP acompanhou na manhã de hoje o resgate de uma menina que passou 16 horas soterrada, e a descoberta do corpo do pai da criança. "Estamos com dor, mas agradecidos por esse milagre", disse à AFP Luis Claudio de Souza, 63 anos, dono de um bar vizinho.


Leia mais

'Chuvinha' transforma avenida de Vitória da Conquista em Lagoa

Deu ruim! Sistema ferry-boat é notificado durante fiscalização

No estado do Rio, houve duas mortes adicionais em Teresópolis e outras em Santa Cruz da Serra e Arraial do Cabo. Já no Espírito Santo, o governador, Renato Casagrande, descreveu "uma situação caótica" na localidade de Mimoso do Sul e disse que o número de mortos pelo temporal ainda é desconhecido.

Imagens de um sobrevoo divulgadas pelo Corpo de Bombeiros daquele estado mostram bairros inteiros debaixo d'água. A imprensa local exibiu imagens de carros e um caminhão dos bombeiros sendo arrastados pela água.

No litoral de São Paulo, houve rajadas de vento e chuva forte. Duas crianças foram internadas, neste sábado, após ficarem gravemente feridas em incidentes diferentes, segundo a Defesa Civil.

exclamção leia também