27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Cada um com seu cada um - 29/03/2024, 05:30 - Vitor Lyrio - Atualizado em 30/03/2024, 08:41

Fiéis de diferentes crenças revelam como passam a Semana Santa

Católica, Espírita e Umbandista comentam sobre como aproveitam a Semana Santa

Católica, Espíritu e Umbandista comentam sobre encaram a Semana Santa
Católica, Espíritu e Umbandista comentam sobre encaram a Semana Santa |  Foto: Reprodução/internet

A Semana Santa é marcada por momentos de reflexão e celebração que remetem à morte e ressurreição de Jesus Cristo. Nesta época, diferentes grupos religiosos mantêm práticas e costumes distintos de vivenciar o período, refletindo suas crenças, valores e tradições particulares.

O Portal MASSA! conversou com representantes de diversas religiões para conhecer a Semana Santa de cada grupo. Para os católicos, é uma semana de grande significado espiritual, com diversos rituais como a Procissão de Ramos, realizada no domingo que antecede a Páscoa, a celebração da missa do Lava-Pés, na quinta-feira santa, a Via-Sacra na Sexta-feira da Paixão, a Vigília Pascal, no sábado, finalizando com a celebração da Páscoa, no domingo de Ressurreição.

"Os costumes que seguíamos quando eu era criança começavam no Domingo de Ramos. A partir daí, fazíamos comemorações referentes à chegada de Jesus em Jerusalém. Havia pessoas que faziam jejum e só consumiam água e pão. Tinha idosos que nem banho tomavam, em respeito a Semana Santa. Era uma semana muito respeitada por nós", relembra a católica Stella Soares, de 76 anos.

Imagem ilustrativa da imagem Fiéis de diferentes crenças revelam como passam a Semana Santa
Foto: Reprodução/Google Street View

Os umbandistas, por sua vez, têm uma abordagem diferente para o período. Para alguns praticantes da Umbanda, a Semana Santa pode não ter a mesma ênfase que para os católicos, mas é um momento de reflexão espiritual e respeito pelas tradições cristãs. Alguns terreiros podem realizar rituais especiais para homenagear seus guias espirituais e fortalecer os laços com a espiritualidade.

"Geralmente, nós nos reunimos na sexta e comemos comida baiana. Também realizamos eventos e cultos dentro do terreiro onde deixamos ofertas e oferendas para os orixás e realizamos danças e festejos durante todo final de semana, disse a comerciante Carolina Silva, de 34 anos.

Imagem ilustrativa da imagem Fiéis de diferentes crenças revelam como passam a Semana Santa
Foto: Vítor Lyrio/Portal MASSA

Os ateus, por sua vez, podem não observar a Semana Santa como um período festivo ou importante, mas certamente reconhecem a relevância e o carinho que os demais grupos têm pelo período. "É algo muito simbólico. Embora eu não siga qualquer religião, acho verdadeiramente bonito ver como algumas pessoas mantêm os costumes deste período desde as gerações mais antigas de suas famílias.", disse o estudante Pietro Magalhães, 21 anos, que completou dizendo que se "entende como ateu" desde os 15 anos.

Os espíritas seguem uma abordagem mais próxima dos católicos em relação à Semana Santa, pois muitos veem Jesus Cristo como um exemplo de amor e bondade a ser seguido. "Para mim, a Semana Santa é algo muito mais familiar do que religiosa. Desde que eu me entendo por gente, minha família sempre se reúne no domingo de páscoa para um almoço, onde não se pode comer carne, ou seja, basicamente só comemos comida baiana. Geralmente minha vó ainda faz uma oração antes de começarmos a comer, pois ela é católica, e após a oração, nós comemos normalmente.", afirmou a estudante Giovanna, 18 anos.

exclamção leia também