26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Black Money - 04/08/2023, 06:30 - Maria Laura S. de Souza- Atualizado em 09/08/2023, 10:39

Feira Afro Criativa estimula empreendedores negros no Cabula

Terceira edição do evento tem como objetivo fomentar a economia do bairro por meio de ações afirmativas

Feira vai rolar no piso L1 do estacionamento Assaí Atacadista do Cabula
Feira vai rolar no piso L1 do estacionamento Assaí Atacadista do Cabula |  Foto: Divulgação

A Feira Afro Criativa, promovida pela Cabeça de Nós Todos Entretenimento, vai realizar sua terceira edição entre os dias 12 a 15 de outubro. O evento vai rolar no piso L1 do estacionamento Assaí Atacadista do Cabula. Faltam apenas 3% das vagas a serem preenchidas por comerciantes que queiram empreender no evento. Interessados podem entrar em contato pelo número (71) 9 9331-8555.

A Feira Afro Criativa tem o objetivo de fomentar a economia da região por meio de ações afirmativas, contando a história do Cabula, o quarto maior bairro de Salvador. De acordo com André Cunha, organizador do evento, 97% das vagas para empreender na Feira já estão preenchidas. “Quem já participou sempre quer participar de novo porque a nossa feira não é de ganho comercial, é para movimentar a economia local e gerar o Black Money: pessoas pretas comprando de pessoas pretas”, explica.

André detalha que, nesta edição, a Feira será dedicada a falar sobre o Outubro Rosa. “Nosso projeto é focado na Saúde da Mulher, então nos próximos dias teremos o lançamento de uma exposição fotográfica sobre o Outubro Rosa, com 10 mulheres da comunidade, com o nome 'Ame-se, Previna-se, Cuide-se'", relata.

A Feira Afro Criativa também tem ações de combate ao racismo e estímulo ao empreendimento negro, como bate-papos e palestras que pretendem impulsionar, principalmente, o empreendimento de mães solo pretas. “Esse lugar é uma incubadora, o objetivo é que elas aprendam a oferecer um serviço profissional, sabemos que essas pessoas tem um abandono muito grande, mas queremos dar a elas uma experiência profissional e confortável”, explica André.

Ajuda ao comércio local

O organizador revela ainda que a estrutura do local conta atualmente com banheiro químico, ambulância, boxes maiores, segurança patrimonial, e apoiadores no entorno. “Na última Feira contamos com 4.789 pessoas, em outubro esperamos alcançar uma média de 8.000 pessoas porque a Feira cresceu, temos um espaço cedido para o evento por apoiadores”, ressalta.

André relata que a Feira Afro Criativa nasceu em um momento de baixo comércio no Cabula. “A ideia foi de ajudar a economia do Saboeiro porque os comerciantes estavam reclamando do movimento fraco, então fizemos a primeira feira em uma quadra poliesportiva do bairro, e foi um sucesso”, relata. A partir desse momento, outras ações como letramento racial e bate-papos foram incrementados ao evento.

O organizador lembra ainda que antes da Feira, a região do Saboeiro era um local de passagem. “As pessoas saiam para trabalhar e voltavam só para dormir, após a feira o bairro passou a receber gente de várias partes, agora é visto também como um lugar de entretenimento”, ressalta. Ele acrescenta ainda que a Feira trouxe aos comerciantes visibilidade, seguidores nas redes sociais, aumento nas vendas de loja física e online, além de network.

André ressalta que a Feira é um ambiente tranquilo, de bom convívio social. “Aqui não temos derrame de álcool, é um ambiente familiar, com segurança patrimonial, que traz o lugar de coletivo que a pandemia nos tirou”, completa.

exclamção leia também