30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Gestão - 20/12/2023, 07:00 - Da Redação

Escolas são premiadas por práticas de recomposição da aprendizagem

Iniciativas de 375 unidades escolares foram reconhecidas

Prêmio Gestão da Aprendizagem concedido pela Secretaria da Educação do Estado
Prêmio Gestão da Aprendizagem concedido pela Secretaria da Educação do Estado |  Foto: ASCOM SECBA

As boas práticas desenvolvidas nas escolas estaduais durante o ano letivo de 2023 foram reconhecidas pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), por meio do Prêmio da Gestão da Aprendizagem. Ao todo, foram contempladas 375 unidades escolares com turmas da 3ª série do Ensino Médio e/ou 9º ano do Ensino Fundamental, com recursos da ordem de R$ 5 milhões e com o Selo Gestão da Aprendizagem.

O principal destaque foi a mobilização realizada pelos gestores, professores, coordenadores pedagógicos e dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), para sensibilizar e engajar os estudantes na realização das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

De acordo com a SEC, a Bahia alcançou um índice record de 85% de participação dos estudantes nesta avaliação, em 2023. As provas Saeb são aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), e servem para um diagnóstico da Educação Básica no país, subsidiando a tomada de decisões sobre as políticas públicas educacionais com foco na qualidade da educação.

Na rede estadual de ensino, as escolas e os NTE organizaram e desenvolveram uma série de práticas exitosas, que foram apresentadas durante o Seminário de Gestão do Conhecimento, realizado juntamente com a premiação, em Costa do Sauípe, no início deste mês. Dentre as iniciativas, estão a realização de aulões e simulados; a busca ativa; e a integração das escolas com as famílias.

Marilene Sacramento Miranda, gestora do Colégio Estadual Luís Viana Filho, no município de Candeias, disse que o diálogo foi decisivo para envolver os estudantes na avaliação Saeb. “A escola fez um grande movimento. Nós nos reunimos com o Núcleo Territorial de Educação, com os professores de Português e com os pais e fomos nas salas conversar com os estudantes. Mostramos para eles a importância da avaliação no processo de aprendizagem deles e como isso influencia para o futuro, para suas carreiras. Tivemos 95% participação dos estudantes", comemorou.

Sistema avalia educação

Escolas estaduais mobilizam estudantes para as avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica
Escolas estaduais mobilizam estudantes para as avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica | Foto: Amanda Chung / SECBA

A aplicação de avaliações de Língua Portuguesa e de Matemática pelo Sistema de Avaliação Baiano de Educação (Sabe) contribuiu para que os estudantes se familiarizassem com as avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Promovido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), o Sabe faz parte das ações estratégicas da SEC em torno da gestão da aprendizagem e permite o monitoramento da qualidade da educação das redes públicas (estadual e municipais).

O superintendente de Gestão da Informação da SEC, Rainer Guimarães, afirma que além de fortalecer a aprendizagem dos estudantes, o diagnóstico das avaliações do Sabe subsidia a tomada de decisões sobre novas ações pedagógicas a serem adotadas nas escolas.

“A partir dos resultados das avaliações, o Estado e os municípios podem orientar as escolas sobre os pontos que elas devem ter mais atenção no processo de ensino e aprendizagem. Isso também consolida uma cultura de avaliação voltada para as aprendizagens que fortaleçam ações e reflexões de docentes e discentes e subsidiem novas pesquisas para iniciativas que tomem como referência os contextos escolar, social e cultural e as necessidades educacionais dos estudantes”, afirmou.

Plataforma digital apoia aprendizagem

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) também disponibilizou para as escolas, neste ano, uma plataforma digital para dar apoio ao diagnóstico e monitoramento das aprendizagens dos estudantes, o que influenciou positivamente para que os estudantes participassem das avaliações do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

No ambiente virtual, estudantes, professores, diretores, coordenadores pedagógicos e dirigentes dos Núcleos Territoriais da Educação (NTE) puderam acessar materiais didáticos, provas e simulados digitais, dentre outros recursos e conteúdos educacionais direto dos celulares ou equipamentos nas escolas a qualquer hora.

Karine Moreira, gestora do Colégio Estadual Renato Medeiros Neto, localizado no distrito de Bravo, município de Serra Preta, disse que o uso da ferramenta estimulou a participação de 100% dos estudantes na avaliação Saeb.

“Este resultado foi graças ao compromisso de toda a comunidade escolar e do uso da plataforma digital. Trouxemos essas avaliações para o nosso planejamento para que os estudantes fossem se adaptando às questões e compreendendo que isso faz parte da sua aprendizagem, da melhoria da sua proficiência; que era importante para a nossa escola e para a preparação deles para o Enem e outras avaliações”, ressaltou.

exclamção leia também