30º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Fim do desespero - 04/09/2023, 12:26 - Da Redação - Atualizado em 04/09/2023, 14:28

Criminosos libertam reféns no Alto das Pombas após chegada do Bope

Durante toda a negociação, um criminoso gravou a ação e transmitiu nas redes sociais

Criminosos gravou a ação criminosa e transmitiu nas redes sociais
Criminosos gravou a ação criminosa e transmitiu nas redes sociais |  Foto: Reprodução / Redes Sociais

Os criminosos que faziam duas famílias reféns no Alto das Pombas, em Salvador, liberaram as vítimas após a chegada do Batalhão de Operações Especiais (Bope), na manhã desta segunda-feira (4). As negociações foram iniciadas por policiais da Patamo e depois assumida pelo tenente Leal, do Bope. No total, três suspeitos foram presos e sete pessoas foram libertadas. Com eles, a PM apreendeu três pistolas, um fuzil e uma granada.

Os três bandidos invadiram dois imóveis e fizeram seis pessoas reféns, dentre elas uma criança de 11 anos e uma adolescente de 15. A adolescente foi a primeira a ser liberada de uma das casas, após passar mal durante a ação criminosa.

Com eles, a PM apreendeu três pistolas, um fuzil e uma granada
Com eles, a PM apreendeu três pistolas, um fuzil e uma granada | Foto: Divulgação / Polícia Militar

Durante toda a negociação, um dos autores do sequestro gravou a ação e transmitiu ao vivo nas redes sociais. “Tem 12 mil pessoas na live”, afirmou o criminosos durante a situação com os reféns. Os homens se entregaram após a mãe de um deles, identificado como Ricardo, pedir para o filho deixar o imóvel.

Confronto, fuga e sequestro

Segundo a Polícia Militar, a invasão das casas ocorreu logo após confronto entre os suspeitos e agentes da 41ª Companhia Independente da PM, que realizava rondas no Largo do Campo Santo. Após troca de tiros, os criminosos fugiram e invadiram residências de moradores. No primeiro imóvel, um criminoso fez cinco pessoas reféns e, no segundo, dois suspeitos mantiveram dois moradores em cativeiro. Todos foram libertados ilesos.

Equipes da 41ª CIPM, do Batalhão de Operações Policias Especiais (Bope), da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/ Rondesp Atlântico, do Batalhão de Patrulhamento Tático Móvel (BPatamo) e do Grupamento Aéreo (Graer) estão no local reforçando o policiamento da região.

“O mais importante nessa ação da Polícia Militar foi a preservação de todas as vidas, além da prisão de três perpetradores. A PM continuará intensificando o policiamento em toda a área do Calabar e Alto das Pombas, com o apoio das tropas especializadas e de outras operações para manter o clima de paz nessa localidade", destaca o major Márcio Adriano, comandante da 41ª CIPM.

exclamção leia também