22º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Aprendizagem - 01/12/2023, 06:15 - Amanda Souza

Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia

Evento teve como debate equidade de raça e de gênero no acesso à ciência

Seminário Equidade Étnico-racial e Gênero nas Ciências da Fiocruz Bahia
Seminário Equidade Étnico-racial e Gênero nas Ciências da Fiocruz Bahia |  Foto: Raphael Muller / Ag. A TARDE

Estudantes do Colégio Central receberam, na tarde desta quinta-feira (30), uma iniciativa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) que tem por objetivo debater a equidade de raça e de gênero no acesso à ciência. Com a proposta de aproximar a ciência da escola pública, a iniciativa levou, além de uma mesa composta por pessoas pretas que desenvolvem ciência, algumas atividades formativas, como oficinas de fotografia, de podcast, educação antirracista e uma mostra de ciências.

Para a professora Fernanda Brito, que coordena o Orbitz, clube de ciências do Colégio Central, essa foi uma oportunidade de dar perspectiva para esses estudantes. “Ter essas figuras aqui materializa o que falamos, né? Muitas vezes o aluno é o primeiro da família a concluir o ensino médio, a sonhar com uma universidade. Quando eles veem uma pessoa negra ali falando dos espaços que conseguiu alcançar através da educação, eles podem querer estar ali também e conquistar esses espaços”, diz.

Seminário Equidade Étnico-racial e Gênero nas Ciências da Fiocruz Bahia
Seminário Equidade Étnico-racial e Gênero nas Ciências da Fiocruz Bahia | Foto: Raphael Muller / Ag. A TARDE

Evelyn da Silva, de 18 anos, é aluna do 3º ano do Colégio Central. Como uma menina negra, ela sonha com um futuro de maior equidade. “Quero estar nas universidades, quero mostrar que esse espaço também é nosso lugar”, disse a estudante.

Outras escolas foram convidadas a participar da iniciativa e levaram grupos de alunos. Estiveram presentes o Colégio Estadual Professor Carlos Barros, o Colégio Estadual Dinah Gonçalves e o Colégio Estadual Dois de Julho.

Imagem ilustrativa da imagem Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia
Foto: Raphael Muller / Ag. A TARDE

O exemplo arrasta
A mesa de abertura do evento contou com a presença de pessoas que são exemplos do poder transformador da educação, como o professor Romilson Santos, presidente da Associação de Pesquisadores Negros da Bahia. Para ele, o momento foi muito importante para os alunos encontrarem inspiração.
"Eu acho que é fundamental que a gente comece a incentivar a identificação com a ciência. O letramento científico tem que estar presente na educação básica, e trazer um debate desse para escola pública, que é majoritariamente negra, é fundamental", disse o pesquisador. "Vamos mostrar a trajetória de estudantes negros que chegaram ao mestrado, ao doutordao, que tiveram sucesse, e isos serve como estímulo para esses meninos e meninas", destacou.


Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia Colégio Central recebe encerramento do seminário da Fiocruz Bahia

exclamção leia também