28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Se ligue - 22/11/2023, 07:02 - Da Redação

Caixa Econômica e BB abrem agências mais cedo nesta quarta; entenda

Iniciativa faz parte do “Dia D - Mutirão Desenrola", ação do Governo Federal

Desenrola já regularizou  R$ 5,02 bilhões
Desenrola já regularizou R$ 5,02 bilhões |  Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil

Como parte do “Dia D - Mutirão Desenrola”, nesta quarta-feira (22), todas as agências da Caixa Econômica Federal e mais de quatro mil pontos de atendimento do Banco do Brasil vão iniciar o atendimento uma hora mais cedo. O objetivo é estimular a negociação de contratos em atraso, ampliar o alcance do programa e reduzir o endividamento da população.

Segundo informações do Governo Federal, além dos descontos oferecidos, o cliente pode parcelar as dívidas em até 60 meses, o que permite restabelecer sua capacidade financeira e iniciar 2024 com um melhor planejamento.

Na Caixa, as unidades do banco estarão disponíveis para atendimentos especializados relacionados ao Desenrola Brasil, à negociação de dívidas do FIES e informações sobre a quitação de contratos do Minha Casa, Minha Vida para quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou Bolsa Família.

Balanço de atendimentos

Até esta segunda-feira (20), a Caixa regularizou no Desenrola 273.550 contratos comerciais em atraso de 215.216 clientes, totalizando R$ 5,02 bilhões negociados.

O Desenrola Faixa 1 está em funcionamento desde 9 de outubro e, neste período, já foram atendidos mais de 100 mil clientes do Banco do Brasil, que renegociaram ou pagaram à vista seus débitos.

Desde o dia 17 de julho, o conglomerado Banco do Brasil já renegociou quase R$ 19 bilhões, sendo cerca de R$ 17,5 bilhões diretamente via BB, e a empresa Ativos S.A. renegociou outros R$ 1,3 bi. No total, 900 mil clientes do BB e mais de 876 mil clientes da Ativos S.A. tiveram acesso a condições especiais para renegociação de suas dívidas.

exclamção leia também