28º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Sem acordo - 13/12/2023, 19:01 - Da Redação- Atualizado em 13/12/2023, 19:13

'Briga' entre cordeiros e blocos sobre valor de diária terá 2º round

Nova reunião entre Sindcorda e representantes de blocos será realizada nesta quinta (14)

Encontro aconteceu na sede do MPT, em Salvador
Encontro aconteceu na sede do MPT, em Salvador |  Foto: Divulgação / MPT

Ainda não foi nesta quarta-feira (13) que o Sindicato dos Cordeiros (Sindcorda) e as Associações dos Blocos de Carnaval e dos Blocos de Trio chegaram a um consenso sobre o valor que cada cordeiro ganhará, por dia trabalhado, no Carnaval de Salvador, em fevereiro.

De acordo com o Ministério Público do Trabalho (MPT), uma nova reunião será realizada nesta quinta-feira (14). O Sindcorda pede R$ 150 para cada diária e os blocos querem pagar R$ 80. Este ano, o valor pago foi R$ 60.

Pontos de apoio

Nesta quarta foi realizada uma reunião, na sede do MPT, em Salvador, com o objetivo de listar itens que podem garantir melhores condições de trabalho para os cordeiros. As negociações referentes ao valor das diárias seguirão sendo feitas diretamente entre o Sindicorda, entidade que representa os trabalhadores e as associações de blocos.

Além do MPT, que convocou o encontro, também estiveram representados a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE), o Conselho Municipal do Carnaval (Concar), a Associação dos Blocos de Carnaval, a Associação dos Blocos de Trio e a Central do Carnaval. Os principais pontos debatidos foram a possibilidade de instalação de pontos de apoio ao longo dos circuitos para a guarda de água e lanche, que devem ser entregues a cada cordeiro durante o desfile, e a fiscalização do cumprimento do termo de ajuste de conduta (TAC) que disciplina a contratação desses trabalhadores.

As demandas serão encaminhadas para a prefeitura de Salvador.

exclamção leia também