27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Insensatez - 14/08/2023, 09:43 - Vinicius Rebouças- Atualizado em 14/08/2023, 10:28

Bombardeio russo mata bebê de 23 dias e família inteira na Ucrânia

Ataque seria uma tentativa de abafar sucesso das forças de Kiev na retomada de território

Há pouco mais de um ano, uma mulher grávida e um bebê morreram em bombardeio a hospital ucraniano
Há pouco mais de um ano, uma mulher grávida e um bebê morreram em bombardeio a hospital ucraniano |  Foto: Handout / National Police of Ukraine/AFP

Sete pessoas, incluindo um bebê recém-nascido, foram mortas em um bombardeio russo na região de Kherson, no sul da Ucrânia, neste domingo, 13, informou o Ministério do Interior. O ataque ocorreu no vilarejo de Shiroka Balka, às margens do rio Dnieper. Além da família – marido, esposa, um menino de 12 anos e uma menina de 23 dias, outro morador da localidade também morreu.

As duas outras vítimas foram dois homens da aldeia vizinha de Stanislav, onde uma mulher também foi ferida. As informações são do jornal Estadão.

O ataque à província de Kherson seguiu-se aos comentários da vice-ministra da Defesa ucraniana, Hanna Maliar, no sábado, tentando conter os rumores de que as forças ucranianas haviam desembarcado na margem esquerda ocupada do rio Dnieper.

O governador regional de Kherson, Oleksandr Prokudin, disse no domingo que três pessoas ficaram feridas em ataques russos na província, no sábado.

No mesmo dia, oficiais militares ucranianos disseram que as forças de Kiev fizeram progresso no sul, reivindicando algum sucesso perto de uma vila importante na região de Zaporizhzhia, e capturando outros territórios não especificados.

exclamção leia também