23º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Projeto magnífico - 28/06/2023, 12:33 - Da Redação

“Baleias Soteropolitanas” promove visitação à Baía de Todos os Santos

Iniciativa visa analisar se o fenômeno do El Niño vai gerar algum tipo de interferência no comportamento das jubartes

Baleias anteciparam a chegada ao litoral baiano
Baleias anteciparam a chegada ao litoral baiano |  Foto: Divulgação

As baleias jubartes, que todos anos vêm à Costa de Salvador para procriação, entre os meses de julho a novembro, neste ano, anteciparam a chegada à Baía de Todos os Santos. Algumas espécies já passaram pela Barra, Ondina, Comércio, entre outros locais, dando um verdadeiro "show a céu aberto" para a população local e turistas.

O Instituto RedeMar Brasil, neste domingo (2), a partir das 8h, irá promover visitação às "redes points" da Baía de Todos os Santos com o objetivo de coletar dados para esclarecimentos científicos e acadêmicos. Os pesquisadores irão iniciar o trajeto da Ribeira, passarão pelo Farol da Barra com destino à Caixa Prego. O projeto conta com o apoio da Associação Classista da Educação e Esporte da Bahia (ACEB).

William Freitas, ambientalista do RedeMar Brasil, destaca que um dos questionamentos dos pesquisadores será analisar a relação entre o fenômeno do El Niño e o comportamento das baleias. "Este ano teremos o fenômeno do El Niño. Então, queremos entender se o El Niño vai interferir no comportamento das baleias", pontua, ao lembrar que o Projeto Baleias Soteropolitanas (PBS) é uma iniciativa " Dream Team" que significa "time dos sonhos", pois não possui nenhum tipo de financiamento.

O coordenador do projeto "Baleias Soteropolitanas", Victor Bandeira, explica que o principal objetivo é difundir o conhecimento sobre as baleias, a importância de preservação fas espécies e o fomento ao turismo científico. " Nossa equipe faz isso visitando comunidades tradicionais, pesqueiras, escolas, e centros náuticos. O turismo científico é fundamental para entendermos melhor sobre a biologia, a ecologia e o comportamento desses animais, coletando informações para implementação de medidas que mitiguem os impactos, contribuindo, assim, para a preservação das espécies e do ecossistema", pontua.

A professora de Biologia aposentada e presidente da Associação Classista da Educação e Esporte (ACEB), Marinalva Nunes, salienta a importância do trabalho de Educação Ambiental que o projeto "Baleias Soteropolitanas" desenvolve. "A equipe além de realizar ações de cunho acadêmico, com pesquisas científicas de extrema relevância ao meio ambiente, aos ecossistemas e à sociedade civil de uma forma geral, promove também trabalho de Educação Ambiental nas escolas para conscientizar a comunidade escolar e o seu entorno sobre a importância de não jogar resíduos sólidos no mar e como podemos melhorar mais a nossa relação com a natureza", ressalta a bióloga.

Marinalva Nunes pontua que através desse projeto desenvolvido com a Redemar Brasil e com a ACEB "a gente identificou a necessidade de implementar um projeto de lei na Câmara de Vereadores que se chama Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia Azul, de autoria do vereador Augusto Vasconcelos (PC do B-BA)".

Veja o show das baleias:

exclamção leia também