27º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Para acompanhar de perto - 01/12/2023, 17:33 - Da Redação

Após tremores de terra, cúpula de Lula desce em peso pra Maceió

Cidade alagoana sofreu tremores dois dias seguidos causados por atividades de mineração da Braskem

Algumas ruas de bairros afetados pelos tremores foram interditadas
Algumas ruas de bairros afetados pelos tremores foram interditadas |  Foto: Reprodução

Integrantes do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) foi acompanhar de perto a situação em Maceió, Alagoas, que sofreu, nos últimos dias, seguidos abalos sísmicos (tremores) causados por atividades de mineração da Braskem.

Segundo informações do Governo Federal, nesta sexta-feira (1º), foi realizada reunião com uma equipe da Defesa Civil Nacional, com objetivo de apresentar as informações levantadas pela equipe e traçar, em parceria com as defesas civis estadual e municipal, uma estratégia para atender a população afetada.

“A Defesa Civil Nacional e o Gade (Grupo de Apoio a Desastres) já monitoram a situação do lugar há muito tempo. Por determinação do presidente Lula e do presidente em exercício, Geraldo Alckmin, estamos com todo o nosso aparato de prontidão para auxiliar Alagoas em caso de necessidade”, informou Waldez Góes, ministro do MIDR

Os locais que mais sentiram os tremores de terra foram os bairros de Mutange, Pinheiro e Bebedouro. Os locais estão isolados e os moradores foram realocados.

Segundo a Defesa Civil Nacional, foi observada significativa movimentação em Mutange, chegando a 50 cm nas últimas 24h. A última média de movimentação calculada na área era da ordem de 18 cm por ano. Foram identificadas ainda trincas e rachadura no solo, que evoluíram significativamente.

exclamção leia também