26º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Boa ação - 12/03/2024, 06:40 - Maria Clara Oberlaender*- Atualizado em 12/03/2024, 09:44

Alunos movimentam escola para ajudar pessoas em situação de rua

A previsão é que a entrega dos donativos seja feita no final de março

A previsão é que a entrega dos donativos seja feita no final de março
A previsão é que a entrega dos donativos seja feita no final de março |  Foto: Divulgação

Estudantes de um colégio particular localizado no bairro de Patamares, em Salvador, mobilizaram a comunidade escolar ao criarem uma campanha de arrecadação de produtos essenciais como alimentos e produtos de higiene para pessoas em situação de rua, e de roupas e brinquedos para a ONG Coração Solidário. A previsão é que a entrega dos donativos seja feita no final de março.

O colégio tem projetos voltados para o aprendizado dos estudantes através do serviço comunitário, e engaja os jovens a estarem na liderança. Um desses projetos é o NHS (National Honor Society), de onde surgiu a iniciativa para a campanha. “Desde o fundamental I, eles já são incentivados a desenvolverem seus projetos e trazerem eles para a comunidade escolar. Os alunos planejam todas as ações, contam com o suporte dos professores, mas são eles que têm que fazer acontecer”, explica Graziela Arakawa, diretora de marketing e comunicação do Pan American School of Bahia (PASB).

As alunas que estão à frente do projeto são Maria Luiza Oliveira e Luiza Farsoni, respectivamente presidente e vice-presidente do projeto, ambas são membros do NHS, e Juliana Bastianelli, voluntária e representante no colégio do Projeto Corações Solidários.

“O trabalho em equipe é fundamental, são várias pessoas que estão lá ajudando, contribuindo para a causa, organizando os kits e entregando, então é uma colaboração de todo mundo. É muito legal também ver a comunidade abraçando a ideia”, destaca Maria Luiza.

A campanha uniu inúmeras causas em uma só, surgiu pelos integrantes do NHS, mas se juntou à ONG Coração Solidário, a partir de Juliana que faz parte desse projeto social e expandiu até para os pais dos estudantes, a exemplo de Luciana Negrão, mãe da aluna Mel Negrão Azin e que já tem o costume de distribuir kits de alimentos nas ruas. Ela estará junto com os alunos no dia da doação.

A influência dos pais em causas sociais influenciou muito Juliana a participar do projeto. “Morei na África por oito anos e durante esse período meu pai participou de construções de casas para pessoas que necessitavam, então sempre cresci com esse exemplo”, relata.

Para além da doação, a escola possui um horário para que os alunos do ensino médio possam falar em sala de aula com outros estudantes mais novos sobre assuntos relevantes e os integrantes do projeto já estão fazendo esse trabalho de conscientização quanto a diferença que cada um pode fazer para a sociedade.

A professora que orienta o projeto, Maria Eduarda Fonseca, conta que “a maioria dos alunos já vêm com uma ideia, depois acabam se encaixando uns com os outros e vem o trabalho de sentar com eles, escutar as ideias e fazer a orientação”.

A meta do projeto é distribuir 500 kits e para isso, os interessados em abraçar essa rede de solidariedade, podem contribuir com as suas doações nos pontos de coleta nos campus da PASB e da PASBinha. Existe também a opção de doar através do PIX, com o valor de R$ 15, referente a um kit. A chave para a transferência é o email: [email protected]. “Têm coisas que podem parecer pequenas, mas significam muito”, completa Luiza.

*Sob a supervisão da editora Kenna Martins

exclamção leia também