25º Salvador, Bahia
previsao diaria
Facebook Instagram
WHATSAPP
Receba notícias no WhatsApp Entre no grupo do MASSA!
Home / Cidades

Vai doer no bolso do consumidor - 04/11/2022, 07:25 - Everton Santos

Ai não, hein! Cesta básica fica mais cara em Salvador

O produto com as maior participação no custo da cesta foi a carne bovina (27,58%)

Dos 12 produtos da cesta básica, dez registraram aumento nos preços
Dos 12 produtos da cesta básica, dez registraram aumento nos preços |  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nada de alívio para a população nesse final de ano. O preço da cesta básica com 12 produtos teve um aumento de R$ 5,47 no mês de outubro, em Salvador, de acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI).

Na capital baiana, a cesta básica passou a custar R$ 490,36. Deste modo, quando comparado com o custo estimado em setembro, houve uma elevação de 1,13%, segundo a SEI.

Dos 12 produtos da cesta básica, dez registraram aumento nos preços: farinha de mandioca (10,42%), manteiga (6,91%), banana-prata (6,07%), café (3,37%), tomate (3,08%), óleo de soja (2,89%), açúcar cristal (2,10%), arroz (1,55%), feijão (0,14%) e a carne bovina (0,12%). Por sua vez, apresentaram redução o leite (-5,87%) e o pão francês (-0,65%).

O trio, que em teoria não pode faltar na mesa do soteropolitano, composto por arroz, feijão e carne bovina variou 0,24% de setembro para outubro, e é responsável por 38,41% (ou seja, R$ 188,35) do valor da cesta básica atual.

Os produtos com as maiores participações no custo da cesta foram a carne bovina (27,58%), o pão francês (16,58%) e o tomate (11,08%). Por outro lado, os componentes com as menores participações foram o açúcar cristal (2,78%), o óleo de soja (2,09%) e café moído (1,95%).

De acordo com a SEI, o tempo de trabalho para um trabalhador soteropolitano comprar uma cesta básica foi de 96h13min, o que equivale ao comprometimento de 43,74% do valor líquido de um salário mínimo atual que é de R$ 1.121,10.

exclamção leia também