Nas Ruas

Sex, 10/01/2020 | Atualizado em: 10/01/2020 às 05h06


Nas Ruas

Praia Boa é Praia Limpa na capital

Bruno Brito*
A+ A-

Pelo menos 700 toneladas de lixo são retiradas por mês das praias de Salvador, segundo a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb). Com este cenário, a Limpurb começa, hoje, a edição 2020 do projeto "A Onda é Preservar - Praia Boa é Praia Limpa". O projeto atenderá 24 praias de Salvador, além das ilhas, durante os meses de janeiro e fevereiro, de sexta-feira a domingo. A ação será iniciada na praia do Porto e Farol da Barra, das 10h às 14h. Como ação educativa, serão distribuídas sacolas biodegradáveis, para que os banhistas possam recolher seu próprio lixo. Entre as praias que receberão o projeto, está a de Piatã, que é a com a maior quantidade de lixo da capital baiana, com cerca de 150 toneladas por mês, de acordo com o presidente da Limpurb, Marcus Passos.

Segundo ele, a intenção é conscientizar a população sobre o descarte irregular dos resíduos. "Por mais que façamos o nosso trabalho, ainda falta conscientização das pessoas de que podem ajudar também. A gente poderia estar investindo menos em limpeza urbana e colocando esse recurso em educação, saúde", pontuou.

Ele ainda lembrou da participação popular na limpeza das praias, quando as manchas de óleo atingiram o litoral. "Os grupos de voluntários colocavam nos sacos e nós recolhíamos. Isso também poderia ser feito com os resíduos".

* Sob a supervisão da editora Meire Oliveira