Esporte

Sex, 06/12/2019 | Atualizado em: 06/12/2019 às 05h06


Esporte

Fica para 2020

leo moreira
A+ A-

O Bahia vacilou mais uma vez em casa e terminou o ano com um jejum de oito partidas sem vencer diante de sua torcida ao empatar em 1 a 1 com o Vasco, ontem à noite, na Arena Fonte Nova, no desfecho da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do resultado ruim, o artilheiro Gilberto voltou a marcar em Salvador após quase três meses. No entanto, o jovem atacante Marrony, no fim da partida, deixou tudo igual no placar.

No primeiro tempo, o Esquadrão começou melhor em campo e a primeira chance de gol surgiu logo aos cinco minutos. O volante vascaíno Andrey vacilou e a bola acabou sobrando para Gilberto, que chutou por cima do gol.

Aos 12 minutos, o Vasco respondeu com o meia Raul, que arriscou de longe para boa defesa de Douglas. Na sequência, foi a vez do Esquadrão quase marcar. Artur deu um lindo passe e deixou Gilberto na cara do gol. O centroavante tirou demais do goleiro e jogou a chance de balançar a rede para fora.

No entanto, foi com 27 minutos, que a torcida tricolor levou um verdadeiro susto. Raul foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti, mas, depois da análise ao árbitro de vídeo, o lance foi anulado para alívio dos torcedores presentes na Arena.

Mas foi no fim da etapa inicial que os tricolores vibraram de verdade. Já aos 41 minutos, o zagueiro Ricardo deu uma 'voadora' dentro da área e atingiu a cabeça de Gilberto com as travas da chuteira. Com a ajuda do VAR, o árbitro assinalou o pênalti e expulsou o vascaíno. Com a falta sofrida, o camisa 9 do Bahia saiu de campo com a cabeça ensaguentada e, depois de três minutos de atendimento médico, voltou ao gramado para cobrar a penalidade com perfeição, deslocando Fernando Miguel e abrindo o placar.

No segundo tempo, o Bahia voltou bem e seguiu dominando as ações. Aos quatro minutos, João Pedro roubou a bola no meio de campo e arrancou até passar para Gregore. O volante soltou um torpedo no travessão e, no rebote, Artur errou de forma bizarra.

Quando a partida se encaminhava para o triunfo tricolor, o atacante Arthur Caíke, que havia entrado na metade da etapa final, foi expulso. Seis minutos depois, pra piorar a situação, o Vasco chegou ao empate com Marrony, que recebeu bom passe de Gabriel Pec e deixou tudo igual na Arena para a ira dos tricolores presentes no estádio. Fim de jogo e, para triunfar em casa, só em 2020.