Plantão

Sex, 29/11/2019 | Atualizado em: 29/11/2019 às 05h05


Plantão

Execução Estudante é vítima do ex

Nicolas Melo
A+ A-

Os sonhos e os projetos de vida da universitária Elitânia de Souza da Hora, 25 anos, foram perdidos após ela ser executada com três tiros, em Cachoeira (a 117 km de Salvador).

A vítima, que era uma das lideranças do Quilombo do Tabuleiro da Vitória e Adjacências, tinha acabado de sair com uma amiga da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), onde cursava o sétimo semestre do curso de Serviço Social, por volta das 22h40 de quarta (27), quando foi surpreendida pelo ex-companheiro, Alexandre Passos Silva Góes.

A prisão preventiva foi decretada ontem à tarde, pela Justiça. A motivação, segundo amigos e familiares, foi a insatisfação do suspeito pelo fim do relacionamento.

A UFRB decretou três dias de luto oficial e a suspensão das aulas no Centro de Artes, Humanidades e Letra, a partir de ontem.

"Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares e a toda comunidade acadêmica", disse o vice-reitor, José Pereira Mascarenhas Bisneto.