Plantão

Qua, 27/11/2019 | Atualizado em: 27/11/2019 às 16h38


Plantão

Trafica mais procurado do Rio 'cai' em tiroteio

Vitor Abdala
A+ A-

Agência Brasil

Uma operação policial para cumprir mandados de prisão terminou com seis mortos em um sítio de Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Civil, o objetivo da ação era cumprir cinco mandados contra Thomas Jhayson Vieira Gomes, conhecido como 3N, apontado como chefe da quadrilha que controla a venda de drogas no complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, também no Grande Rio e tido como o traficante mais procurado do Estado.

Ainda de acordo com a polícia, 3N e cinco homens, que seriam integrantes de sua quadrilha, estavam escondidos no sítio em Itaboraí. Os policiais monitoravam 3N há cerca de um mês.

A Polícia Civil informou que quando os agentes chegaram ao local para efetuar as prisões, os seis estavam fortemente armados e atiraram contra os policiais. Ainda segundo as informações da polícia, os seis morreram no confronto que se seguiu. Durante a operação, feita em conjunto com a Polícia Militar, foram apreendidos quatro fuzis, quatro pistolas e granadas. O Disque-Denúncia da polícia do Rio oferecia R$ 20 mil por informações que levassem a 3N.